Guia do Investidor
Free Unsplash@jeremy0
Carteiras Carteiras Recomendadas Setembro de 2021 Recomendações

A carteira recomendada ideal para Setembro, segundo a Toro

  • A corretora Toro indicou 10 em sua para investir em setembro;
  • Na visão dos analistas, os setores de destaque com uma boa tendência de crescimento são: , Serviços financeiros e Exportação.

Com o início de setembro cada vez mais próximo, a apresentou a sua lista com 10 ações recomendadas para investir no mês. Além disso, os analistas da corretora revelaram quais são suas perspectivas para os principais setores para se manter no radar. Confira.

Perspectiva dos Analistas da Toro

Primeiramente, os analistas da Toro destacaram o Ibovespa, que encerrou o mês em queda, chegando a perder a região dos 115 mil pontos e fechando próximo aos 119 mil.

Enquanto isso, a taxa Selic teve um novo aumento no mês de agosto, passando de 4,25% para 5,25%, em decorrência principalmente da inflação. Falando dela, a inflação oficial do País, calculada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), veio levemente acima das estimativas do mercado. Alguns dos fatores que pressionaram o índice, segundo os analistas, foram o avanço nos preços da energia elétrica em meio a crise hídrica vivenciada no Brasil.

No aspecto internacional, o relatório da Toro mencionou a atenção voltada para os dados de inflação dos Estados Unidos, com o indicador PCE (Índice de Preços de Gastos com Consumo), visto eles são a principal referência de preços utilizada pelo FED (Federal Reserve). Ao mesmo tempo, a realização do simpósio de Jackson Hole foi um assunto importante devido a participação de Jerome Powell, o presidente do Banco Central dos EUA.

Leia mais  Carteira recomendada semanal Mirae Asset atualizada

Em suma, algumas das principais pautas esperadas pelo mercado envolvem a expectativa sobre a taxa de juros dos EUA e o posicionamento do FED em relação aos estímulos, que podem passar por uma retirada gradual (tapering).

Com base nessas informações, os analistas da Toro destacaram três segmentos da : Varejo; Serviços financeiros; e Exportação.

Varejo, Serviços financeiros e Exportação

No caso do Varejo, a pandemia provocou uma drástica mudança que gerou uma grande reestruturação nacional das principais companhias. Assim, o comércio digital terminou ganhando força e o e-commerce recebeu um novo status de importância. Por outro lado, com o avanço das vacinações, os analistas esperam que a retomada das atividades nas lojas físicas faça com que os das empresas que sofreram com descontos no pior período possam subir com convicção.

Em seguida, o setor de Serviços financeiros mostra uma tendência de recuperação principalmente por conta dos bancos, na visão dos analistas. Com uma postura altista (hawkish) para a Taxa Selic pelo Banco Central (BC), as instituições financeiras se beneficiam desse cenário pelo aumento do spread bancário. Ao mesmo tempo, a Toro enxerga o preço das ações desse segmento operando em um patamar atrativo.

Leia mais  Ranking melhores ações de dividendos de 2019 e melhores para 2020

Por fim, no caso do segmento de Exportação, os analistas acreditam que a boa performance que as empresas da área vem fazendo devem continuar. Para isso, alguns dos fatores que contribuem para essa visão são: o bom momento para as , principalmente Petróleo; e o real em patamares ainda depreciados.

Carteira recomendada Toro: Setembro

Em síntese, a carteira recomendada pelos analistas da Toro Investimentos para se investir no mês de setembro é a seguinte:

EmpresaTickerPeso
BIDI410%
Blau FarmacêuticaBLAU310%
BTG PactualBPAC1110%
BR PartnersBRBI1110%
CCRCCRO310%
Mosaico10%
MRVMRVE310%
PRIO310%
TupyTUPY310%
YDUQSYDUQ310%
Fonte: Relatório Toro Investimentos.
Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as notícias mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

No “resumo da temporada 1T22” companhias se saíram bem; Aponta BTG

Leonardo Bruno

Com disparada de 596% Tupy (TUPY3) lucra R$ 74 milhões no 1T22

Leonardo Bruno

Yduqs (YDUQ3): lucro dispara 75,9% no 1T22, na base anual

Ruan Sousa

Lucro da MRV cai 47,8% no 1T22 e chega a R$ 71 milhões

Leonardo Bruno

CCR (CCRO3): lucro dispara mais de 400% no 1T22, na base anual

Ruan Sousa

Inflação e juros altos: a receita por trás das movimentações da bolsa hoje

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário