Guia do Investidor
Análises

Ações do Pinterest (PINS) caem após banco mudar recomendação

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O analista do Bank of America, Justin Post, retirou as recomendações nas ações do Pinterest Inc. na segunda-feira.

Justin escreveu que, embora a empresa possa continuar tendo um forte crescimento, suas ações podem cair em declínio à medida que a economia se recupera.

As ações do Pinterest caíram 2,5% da manhã de segunda-feira. “Continuamos a ver o Pinterest como um produto secular forte, esperamos fortes variações nas ações antes dos resultados do primeiro trimestre e antecipamos a aceleração do crescimento no segundo trimestre, mas achamos que os investidores podem ficar cada vez mais preocupados com cenários mais complicados, especialmente no contexto de uma economia mais ampla que deveria estar se acelerando”, escreveu Post.

Ao mesmo tempo, ele recomendou as ações da Booking Holdings Inc. BKNG, assim saindo do estado neutro, argumentando que a empresa poderia ser a maior beneficiária do lançamento de vacinas na Europa no terceiro trimestre, entre as empresas que ele cobre. Ele aponta para “vários sinais verdes para viagens aos EUA” e uma expectativa de que a Europa e o resto do mundo possam iniciar caminhos de recuperação semelhantes.

O Pinterest no mercado

O Pinterest surgiu oficialmente em 2010. Fundada por Ben Silbermann, nos EUA, a rede social focada em compartilhamento de fotos foi eleita como um dos melhores sites do mundo em 2011.

O aplicativo permite que os usuários compartilhem e gerenciem imagens em categorias diversas, como moda, viagens, empreendedorismo, decoração e alimentação.

Hoje em dia, o Pinterest conta com mais de 200 milhões de usuários em todo o mundo. E além disso, a plataforma é responsável por armazenar mais de 100 bilhões de ideias. Segundo dados da empresa, cerca de 2 bilhões de pesquisas são feitas mensalmente no Pinterest, sendo 300 milhões pesquisas por imagem.

Por fim, não deixe de conferir a rodada de financiamentos feitas na Stripe que a fez valer US$ 95 bilhões clicando aqui.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

As Melhores Ações e Setores para Investir em 2024

Leonardo Bruno

Conheça 4 opções para começar no mercado de investimentos

Autor Convidado

Para encher o bolso: Descubra as melhores ações de dividendos

Leonardo Bruno

Melhores Ações para Comprar em Novembro de 2023

Leonardo Bruno

Inicio do pesadelo? Ações de construtoras desambam após prévia do 3T23

Leonardo Bruno

7 em cada 10 brasileiros afirmam que já se organizaram para investir dinheiro

Guia do Investidor

Deixe seu comentário