Guia do Investidor
acoes rumo
Carteiras Preço-Alvo

Ações da Rumo (RAIL3) podem subir 48%, dizem bancos

A Rumo (RAIL3) segue com seu projeto de construir novas ferrovias no Mato Grosso do Sul a todo vapor. Dessa forma, após divulgar suas projeções, suas dispararam. De acordo com do BTG Pactual, o projeto ferroviário de Lucas do Rio Verde é um marco para a companhia. Isto pois o projeto aumento significativamente a área de influência na região – uma região de alto crescimento.

“A Rumo deve aumentar sua participação de [market share] em 13 pontos percentuais.”

disseram os analistas Fernanda Recchia, Bruno Lima, Marcel Zambello e Lucas Marquiori.

Assim sendo, o BTG Pactual pôs recomendação de compra nas ações da Rumo, com preço-alvo em R$ 27. Portanto, considerando o preço de fechamento desta quarta-feira o preço-alvo sugere um potencial upside de 48%. Em linha com o BTG, o Credit Suisse pôs o preço-alvo em R$ 26. Isto é, o ganho de market share e de receita com o projeto ferroviário representa R$ 4,80 do preço.

As projeções da Rumo

A Rumo (RAIL3) divulgou suas projeções para o projeto de construção, operação, exploração e conservação da ferrovia que conecta, de modo independente, o terminal rodoferroviário de Rondonópolis à Cuiabá e à Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso do Sul.

Leia mais  Carteira Ibovespa e Dividendos para Julho de 2020, da Genial

Dessa forma, a companhia espera um Capex (investimentos em bens de capital) no intervalo de R$ 9 bilhões a R$ 11 bilhões. Além disso, projeta R$ 16 milhões de toneladas de volume total de grãos migrados de Rondonópolis para outros terminais até 2030. E, por fim, sua projeção para o volume potencial adicional de grãos até 2030 é de 18 milhões de toneladas.

“(…) essas estimativas dependem, substancialmente, das condições de mercado, do desempenho da brasileira, dos setores de negócios em que a Companhia atua e dos mercados internacionais, estando, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio.”

disse a Rumo em fato relevante.
Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

No “resumo da temporada 1T22” companhias se saíram bem; Aponta BTG

Leonardo Bruno

Via (VIIA3): BTG (BPAC11) mantém recomendação neutra

Ruan Sousa

Rumo (RAIL3): empresa registra prejuízo de R$ 68 milhões no 1º trimestre de 2022

Ruan Sousa

BTG Pactual (BPAC11) avalia o resultado da Intelbras (INTB3) no 1°T22

Ruan Sousa

BTG ou XP Investimentos? Qual melhor corretora? Veja análise completa

Victor Rodrigues

Light (LIGT3) e Rumo (RAIL3): dividendos confirmados!

Ruan Sousa