Acusado pelo FBI, fundador da Empiricus confessa desvio de 750 mil dólares

Acusado pelo FBI, fundador da Empiricus confessa desvio de 750 mil dólares

11 de fevereiro de 2019 4 Por Diego Dias

Marcos Elias, ex-sócio da Empiricus, detido por desviar dinheiro de contas organizacionais, se declara culpado a justiça de Nova York

Preso desde agosto de 2018, Marcos Eduardo Elias, fundador da empresa de Investimentos Empiricus, confessa crime de conspiração contra organizações localizadas nos Estados Unidos.

Através de documentos falsificados, o analista desviou dinheiro para sua conta pessoal, sediada em Luxemburgo. Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, Elias cometeu fraude eletrônica e roubo de identidade.

Assim sendo, as autoridades norte-americanas relatam detalhes do crime, no qual uma das vítimas foi a Companhia Zaffari. Desta forma, Marcos Elias utilizou assinaturas tramadas para realizar transferência bancária ilegal. Com isso, a quantia total foi 750 mil dólares.

De acordo com o procurador de Nova York, Geoffrey S. Berman, o empresário confessou o crime na semana passada diante da juíza Laura Taylor Swain. Porém, seu julgamento será apenas no dia 4 de abril, cuja pena mínima será 2 anos de prisão.

Vida profissional

Marcos Eduardo Elias é formado em engenharia mecânica pela Universidade de São Paulo (USP). Além disso, fez pós-graduação nos Estados Unidos, com ênfase em administração e gestão empresarial.

Com 22 anos já havia se tornado analista em ações. Em 2003 fundou a GAS investimentos, que logo foi comprada pela Vinci Parners. Em seguida, Elias tornou-se sócio da Link Investimentos e depois fundou a Galleas.

Anos depois, em 2009, fundou a Empiricus, juntamente com Rodolfo Amstalden, Felipe Miranda e Caio Mesquita. E assim, em pouco tempo de mercado, envolveu-se em polêmica.

O analista foi acusado se escrever relatórios com linguagem inadequada. E após documentos agressivos contra a Companhia Marfrig, ele foi processado por violação de código de conduta e suspenso do cargo por doze meses.

A carreira de Elias não termina aí. Ele também foi diretor da Guiar Investimentos, depois da Gradual Investimentos e ainda tornou-se professor da Federação Getúlio Vargas (FGV).

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/