Guia do Investidor
iluminacao moderna 02032020
Recomendações

Ainda vale a pena apostar nas ações da Petrobras com “Dança das cadeiras” na presidência?

A dança das cadeiras no mais alto cargo executivo da principal estatal brasileira continua. Durante a noite desta segunda-feira (23) o governo federal, acionista controlador da instituição divulgou um importante comunicado “ceifando cabeças”.

Segundo a nota, José Mauro Ferreira Coelho, que assumiu o cargo há 40 dias, será substituído por Caio Mário Paes de Andrade na presidência da .

Na nota, o ministério agradeceu a Ferreira Coelho pelos resultados alcançados pela Petrobras durante sua gestão à frente da , mas destaca que o país “vive atualmente um momento desafiador, decorrente dos efeitos da extrema volatilidade dos hidrocarbonetos nos internacionais.”

Segundo o ministério, diversos fatores geopolíticos impactaram no preço da gasolina, do diesel e dos componentes energéticos e, para que sejam mantidas as condições necessárias para o crescimento do emprego e da renda da população, é necessário fortalecer a capacidade de investimento no setor privado.

A mudança do presidente da Petrobras (PETR3;PETR4) acontece após a chegada do novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida. Chegando ao comando da pasta em meio a críticas de Bolsonaro à estatal, o ministro ainda não falou publicamente sobre medidas específicas que poderiam atender ao pleito do Palácio do Planalto para reduzir preços de combustíveis. Sachsida como também o Ministério da , são contra outras iniciativas já colocadas em estudo pelo governo nessa área, como a implementação de subsídio do Tesouro Nacional a combustíveis ou a criação de um fundo de estabilização de choques nos preços com uso de recursos da União, segundo a Reuters.

Leia mais  Quer perder dinheiro na Bolsa? Compre ações da IRB

Segundo os da Ativa , a mudança na Petrobras poderá representar a aplicação de política de preços mais espaçada, abrindo espaço para a prática de preços defasados frente aos praticados pelo . Analista Ilan Arbetman diz que o substituto pode não possuir os requisitos necessários para a função

Já a corretora avalia mudança na Petrobras como negativa. Por outro lado, a corretora afirma também que a troca não deve alterar a política de preços da estatal, o que iria contra o parecer demostrado por Bolsonaro.

Rosangela Buzanelli, representante dos trabalhadores no Conselho de Administração afirma que a nova troca de presidente da Petrobras faz parte da gestão do caos de Bolsonaro, segundo ela, todos os oito conselheiros indicados pelo governo perdem o cargo, além de dois minoritários

Por fim, o Itaú BBA destaca que a mudança é negativa para a estatal e não está claro se o indicado atenderá aos requisitos do estatuto da Petrobras

“Estatuto indica que membros da diretoria tenham pelo menos dez anos de experiência em liderança, preferencialmente no setor ou área afim.

Diz corretora em relatório.

Nossas redes:

Leia mais

Comitê da Petrobras aprova nome de Caio Andrade para presidência

Agência Brasil

STF prorroga prazo para Petrobras (PETR4) prestar informações sobre preço dos combustíveis

Ruan Sousa

Diretoria da Petrobras (PETR4) aprova venda de participação nos campos Golfinho e Camarupim à BW Energy

Ruan Sousa

Com crise interna, é o momento de comprar ações da Petrobras?

Leonardo Bruno

Em dia complicado, ações de Petróleo derretem na bolsa

Leonardo Bruno

Comitê avaliará indicação para presidência da Petrobras (PETR4) na sexta-feira

Ruan Sousa

Deixe seu comentário