Guia do Investidor
sp governo cidade vista aerea 270320193512
Agência Brasil Notícias

Aluguel residencial tem alta de 2,2% em maio na capital paulista

O valor dos novos contratos de aluguel residencial na cidade de São Paulo tive alta de 2,21% entre junho de 2021 e maio deste ano, segundo do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

O índice é menor do que a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – (IGPM) da Fundação Getulio Vargas, que ficou em 10,72% para o período. O índice é usado como referência para o reajuste anual da maior parte dos contratos.

Nos primeiros cinco meses do ano, os valores dos contratos tiveram elevação de 1,4% em comparação com o mesmo período de 2021. Em maio, os alugueis registraram alta de 0,4% em relação ao mês anterior, sendo que os imóveis de um quarto tiveram o maior aumento, de 0,5%.

O fiador foi a forma de garantia mais usada pelos inquilinos, presente em 45,5% dos contratos de maio. O depósito de três meses de aluguel foi utilizada por 39,5% e o seguro-fiança por 15%.

Fonte: Agência Brasil

Nossas redes:

Leia mais

Servidores do Banco Central confirmam fim da greve

Agência Brasil

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco

Agência Brasil

Passagens áereas vão subir mais? Querosene de aviação sobe 3,9%

Agência Brasil

Medo de recessão global faz dólar encostar nos R$ 5,40

Agência Brasil

Pessimismo global: a piora nas perspectivas econômicas

Autor Convidado

Economia e eleições: o que esperar do mercado no segundo semestre de 2022

Guia do Investidor

Deixe seu comentário