Guia do Investidor
Amazon briga com gigantes do Varejo
Newsletter Notícias Top News

Amazon briga com gigantes do Varejo

Certamente a Amazon é uma das maiores empresas do ramo de do mundo todo. Desse modo, ela se tornou referência de qualidade em suas vendas e também em sua agilidade para efetuar as entregas.

Contudo, ao ingressar no mercado brasileiro ela ainda não tem conseguido competir com os concorrentes do ramo varejista. Então, vamos analisar o que vem ocorrendo e o porquê que essa empresa está com dificuldades.

Amazon tenta seu espaço no mercado de varejo brasileiro

De acordo com a Guide Investimentos a tentativa de ampliação do catálogo da Amazon no país não funcionou muito bem. Pois, a empresa ingressou no mercado nacional e tem tentado competir com os outros varejistas.

De fato, a companhia acredita que seu potencial é alto e que poderá obter bons resultados frente as marcas líderes. Nesse sentido, temos nomes bastante fortes e consolidados, o que explica essa dificuldade, veja:

Assim, algumas das dificuldades apresentadas pela Amazon são as seguintes:

  • Peculiaridades do mercado brasileiro em relação ao
  • Modo que o se comporta
  • Algumas dificuldades na logística
  • Tributos
  • Relacionamento com os sellers
Leia mais  Lista de Fundos Imobiliários mais recomendados para Novembro

Além disso, a destaca que as marcas já presentes no mercado acabam sendo favorecidas pelos seguintes aspectos:

  • Devido a logística presente no setor
  • O reconhecimento obtido pelos varejistas nacionais

Atualmente a Amazon possui cerca de 25 categorias diferentes dos seus dos mais diversos tipos. Assim, são cerca de 600 mil itens com frete grátis presentes no segmento Prime.

Nesse sentido, o Magazine Luiza (MGLU3) ainda detém uma pontuação que é superior ao da Amazon. Além disso, no quesito percepção dos usuários é necessário avançar um pouco mais e trazer melhorias.

Certamente a concorrência é grande e não está sendo fácil para essa grande empresa americana. Entretanto a Amazon é uma excelente empresa e quando eles acertarem os pontos necessários irão liderar no mercado.

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

“Não vai dar liga”? Itaú BBA acredita que a bolsa não vai passar dos 110 mil pontos em 2022

Leonardo Bruno

Bear Market: confira os tipos de quedas do mercado

Leonardo Bruno

C6 Bank lança link de pagamento para vendas online

Guia do Investidor

Ibovespa segue entre quedas e ganhos nesta quinta: confira destaques

Leonardo Bruno

O mercado de tecnologia e bens de consumo deve desacelerar mais de 5 vezes no Brasil em 2022

Guia do Investidor

Acabou a esperança? Com queda do Varejo, ações da Magalu e Via seguem derretendo na bolsa

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário