Guia do Investidor
cruzeiro token
Notícias

Anúncio da compra do Cruzeiro pelo “Fenômeno” movimenta a cotação de tokens do clube mineiro

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Ex-jogador Ronaldo “Fenômeno” acertou a compra do Cruzeiro com investimento de R$ 400 milhões. Após o anúncio, o token cruzeirense já aumentou em quatro vezes o volume de procura

O ex-jogador e empresário Ronaldo Luiz Nazário de Lima, o “Fenômeno”, como ficou conhecido, surpreendeu ao anunciar a compra do Cruzeiro Esporte Clube, no último sábado (18). Com a negociação em andamento e promessa de investimento de R$ 400 milhões, a compra do clube mineiro animou torcedores, jogadores e também investidores, que já procuram informações sobre o cruzeiro token,  moeda virtual criada pelo clube mineiro que envolve as negociações milionárias no mundo do futebol.

Segundo Ney Pimenta, fundador e CEO da BitPreço, corretora brasileira que opera a criptomoeda cruzeirense, já foi possível sentir o peso que essa negociação pode trazer para o mercado de moedas virtuais. Em menos de 24h, houve um aumento na busca por informações de investimento do token cruzeirense na plataforma da corretora. 

“Assim que a notícia da compra do Cruzeiro foi anunciada, percebemos um aumento quatro vezes maior do que o normal em nossa plataforma. Quando listamos o cruzeiro token, tínhamos uma expectativa de que o ativo pudesse trazer lucros de 50% para os investidores nos próximos cinco anos. Agora é possível que esse valor cresça ainda mais.”, explica. 

Como funciona o cruzeiro token e como investir? 

Ainda conforme Pimenta, quando você investe no criptoativo cruzeirense, adquire direitos do Mecanismo de Solidariedade de jogadores da equipe. Esse mecanismo da FIFA recompensa clubes que financiam jogadores em início de carreira. Dessa forma, quem compra Cruzeiro token tem acesso a uma parte da porcentagem que o clube recebe a cada negociação de um jogador formado por ele. 

“Vale lembrar que essa porcentagem só ocorre quando o atleta passa por uma segunda transferência após sair do Cruzeiro. Dentro do mercado digital, a moeda virtual do Cruzeiro é classificada como um ativo de baixa volatilidade, trazendo ainda mais segurança para os seus compradores”. 

E qual o risco de investir numa moeda virtual que depende do desempenho de atletas? 

Um estudo realizado pela consultoria Pluri, que analisou o perfil de mais de 200 atletas, revelou resultados bastante satisfatórios. Diante de um panorama mais provável, a consultoria estima que os investidores podem obter um volume de renda de aproximadamente 74%.

O estudo considerou que em um cenário mais animador, quem comprar o token pode ter lucros que chegam a impressionantes 114,29%. E a chance de perder dinheiro é mínima. No pior dos cenários, o lucro estimado foi de 14%.  

Sobre a BitPreço

A BitPreço é um marketplace que conecta várias corretoras que negociam ativos digitais (as chamadas exchanges) em um só lugar, buscando sempre o melhor preço para vender e comprar Bitcoin, Ethereum, BNB e USDT, entre outras criptomoedas. Além disso, a BitPreço é a exchange oficial para comprar e vender Cruzeiro Token, a criptomoeda do clube de futebol mineiro, que já foi considerada a melhor equipe brasileira do século XX de acordo com o ranking da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol. Saiba mais em: https://bitpreco.com/cruzeiro-token 

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Cruzeiro do Sul (CSED3) anuncia pagamento de R$ 25 milhões em dividendos aos acionistas

Leonardo Bruno

Bradesco tokeniza CCB de R$ 10 milhões em operação regulada pelo Banco Central

Fernando Américo

Depois da fusão da Ethereum, quais são as expectativas para o futuro e para os tokens mais conceituados?

Guia do Investidor

Com o Brasil migrando para uma economia tokenizada, os bancos estão preparados?

Autor Convidado

BitPreço lança nova plataforma com serviços de pagamentos, conta digital e cartões

Fernando Américo

Argentina: após derrota na Copa do Mundo, criptomoeda do país despenca

Fernando Américo