Guia do Investidor
acao incorporadora mrv
Recomendações

Aproveite a baixa do setor para comprar ações de Incorporadoras

As de estão sempre sobre o olhar atento do . Afinal, estas companhias representam uma importante parcela da de Valores e são responsáveis por processos de rotação da em geral.

Desse modo, estas ações, devido as suas características, são grandes vítimas dos movimentos cíclicos da economia. No entanto, segundo a mais recente análise da , a baixa da economia atual não representa uma verdadeira crise no setor e que as estão baratas! Confira agora mais detalhes!

As ações de Incorporadoras estão baratas?

Desse modo, em uma carta aos cotistas, a gestora carioca que administra R$ 1,2 bilhão, defende suas posições em , Cury e Tenda. Além de afirmar que as empresas hoje estão muito mais saudáveis do que na última crise.

Bernardo Lobão, sócio da Athena, disse ao Brazil Journal que há diferenças muito relevantes no macro e no micro entre a crise atual e a anterior, que deixou diversas empresas pelo caminho. Segundo ele, a crise que abalou o setor entre 2015 e 2017 veio após o boom de construção e incorporação iniciado em 2007.

Os preços tinham subido muito, e as empresas estavam com estoques e lançamentos em patamares elevados. Para piorar o quadro, o desemprego, que estava nas mínimas, rapidamente dobrou e o aumento do custo do financiamento imobiliário afetou a demanda“.

Bernado Lobão.

Portanto, naquele cenário as empresas muito alavancadas tiveram de encarar distratos justamente no momento do ciclo em que esperavam receber grandes volumes de recursos.

Leia mais  O que comprar para se recuperar da queda da Ibovespa? Confira as melhores opções para a semana

Por outro lado, nada disso se repete na crise atual, segundo a gestora. Afinal, o preço dos não está vindo de um ciclo de alta forte, os estoques das companhias estão abaixo do nível de 2014 (pré crise) e o nível de lançamentos é inferior.

Além disso, o Governo Temer mudou a regra do distrato. As empresas podem agora ficar com metade do valor que já foi pago. A Athena também não espera que a alta da Selic leve a um aumento relevante no spread bancário do segmento por conta do ambiente competitivo mais acirrado com a presença das fintech.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Covid-19: o que mudou no mercado imobiliário brasileiro?

Guia do Investidor

Vendas no setor imobiliário residencial seguem estáveis no 2º trimestre, com leve retração; aponta indicador da Deloitte com ABRAINC

Guia do Investidor

MRV (MRVE3) anuncia recompra de ações próprias; hora de comprar?

Cristiane Luzio Rodrigues

Tendências pós-pandemia moldam o futuro do setor imobiliário

Guia do Investidor

Aumento de subsídio para imóveis no Casa Verde e Amarela deve incentivar setor

Victor Rodrigues

IVAR surge para auxiliar no mercado imobiliário

Ruan Sousa

Deixe seu comentário