Guia do Investidor
Aura Minerals
Notícias

Aura Minerals reporta prejuízo líquido de US$ 9,2 milhões no 1T24

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O resultado financeiro líquido foi negativo em US$ 34,6 milhões no 1T24.

A Aura Minerals, mineradora de ouro e cobre, registrou um prejuízo líquido de US$ 9,2 milhões no 1T24, revertendo o seu lucro líquido de US$ 18,6 milhões de 01 ano antes.

O Ebitda da mineradora foi de US$ 53,2 milhões, uma alta anual de 45,4% e de 30,1% no trimestre. Já a margem Ebitda ajustada caiu 254 bps, para 40,3%.

A receita líquida totalizou US$ 132,078 milhões, um aumento de 6% em relação ao 4T23 e de 36% em relação ao mesmo período de 2023.

De acordo com a Aura Minerals, no 1T24, a produção atingiu 68.187 GEO, obtendo um aumento de 28% em comparação com o 1T23 a preços correntes. O aumento foi resultado da melhoria do desempenho operacional em Minosa (San Andrés) e Almas, parcialmente compensado por pequenas quedas em Aranzazu e Apoena (EPP).

Leia mais  Setor químico prevê quase R$ 2 bilhões em investimentos até 2024

No trimestre, a mineradora informou que as despesas operacionais totalizaram US$ 10,2 milhões, um aumento de 20% em relação ao 4T23, devido principalmente a despesas não recorrentes.

Para o segundo tri, o CEO disse que já não há mais ganhos de eficiência relevantes para extrair de Honduras, e que a expectativa é de estabilidade tanto nos custos quanto no volume de produção.  A Aura, no entanto, deve se favorecer de uma alta expressiva no preço do ouro. 

Aura Minerals (AURA33) anuncia aumento de 34% na produção

Aura Minerals anunciou a prévia dos resultados operações ativas da empresa e compartilhou o aumento de 34%, em comparação ao trimestre anterior. Segundo o comunicado, as minas de San Andres, Apoena, Aranzazu e Almas, atingiram a produção total de 64.875 onças equivalentes de ouro (“GEO ”).

Ainda no documento, a mineradora de ouro e cobre com presença importante na América Latina, destacou os avanços nas operações de Aranzazu no México e San Andres em Honduras, unidades com crescimento consistente. A Aura Apoena localizada no Mato Grosso, apresentou avanço de 62% em comparação ao período anterior, um resultado animador para a companhia e para o mercado.

Leia mais  Fundos imobiliários mais recomendados para Março/24

A principal novidade foi a produção da Aura Almas, com 8.214 GEO, alcançados em dois meses de produção. Resultados que superam as expectativas do setor de mineração, como declara o presidente e CEO da empresa, Rodrigo Barbosa.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

BNDES disponibilizará R$ 66,5 bilhões para Plano Safra 2024/2025

Agência Brasil

Mercado reduz previsão da inflação de 4,02% para 4% em 2024

Agência Brasil

Aeroporto de Porto Alegre reinicia embarque e desembarque

Agência Brasil

União pagou R$ 5,68 bilhões de dívidas de estados no primeiro semestre

Agência Brasil

Economia brasileira cresce abaixo do esperado em maio

Agência Brasil

Dólar se valoriza após atentado contra Trump e fecha a R$ 5,44

Agência Brasil

Deixe seu comentário