Guia do Investidor
305294595 1 4 800x533 1
Fundos Notícias

Bahia Asset abre o fundo Mutá para captação pela primeira vez

Com rendimento de 415% do CDI no ano, fundo está aberto para clientes na plataforma XP

Pela primeira vez, novos investidores poderão acessar o fundo multimercados Mutá. Antes restrito a poucos clientes, o fundo está disponível para aplicações na plataforma da XP e conta com rentabilidades de 254% do CDI em maio, 406% do CDI em abril, 206% do CDI nos últimos 12 meses e 303% CDI desde seu início.

O Mutá, que recentemente completou cinco anos, é um dos melhores multimercados do * desde seu início. O fundo ficará aberto por um tempo ainda não determinado e para investir é necessário ser qualificado e realizar uma aplicação mínima inicial de 20 mil reais.

“Ele é um multimercado de alta volatilidade que busca oportunidades em diversos mercados no e no mundo, independentemente do cenário. Essa é uma oportunidade de os investidores aplicarem em um produto que proporciona o alcance de mercados que seriam inacessíveis diretamente”

diz o sócio e gestor de , Thiago Mendez.

As decisões de do Bahia Asset são tomadas com base em debates construtivos e discussões ágeis com muita sinergia entre Gestão e Pesquisa, áreas compostas por cerca de 40 pessoas.

“O fundo condensa todo o conhecimento que a equipe de gestão, que já trabalha junta há mais de 10 anos, busca traduzir da melhor maneira possível na para os clientes. A parceria com a XP permite que novos investidores acessem um produto com a do Mutá, que antes era restrito a poucos clientes”

explica o sócio e gestor de Renda Variável, Gustavo Daibert.
no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Fundos registram mais resgates do que aportes em julho

Guia do Investidor

Investimentos de Private Equity e Venture Capital ultrapassam R$ 28 bilhões no primeiro semestre

Guia do Investidor

Bolsa barata? Absoluto Partners quer aproveitar o momento para reabrir fundo de R$ 1 bilhão

Leonardo Bruno

FIDC o que é e como funciona? Fundos de Investimento em Direitos Creditórios

Cristiane Luzio Rodrigues

Fundos têm captação líquida positiva R$ 32,3 bilhões entre os dias 4 e 8 de julho

Guia do Investidor

Fundos de investimento têm captação líquida positiva de R$ 8 bilhões no primeiro semestre

Guia do Investidor

Deixe seu comentário