Guia do Investidor
br partners GDI
Notícias

BR Partners tem Rating elevado pela Fitch

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Fitch Ratings elevou na última semana, o Rating Nacional de Longo Prazo do BR Partners Banco de Investimento.

Na última semana, em um movimento que valida a melhora operacional e de balanço da companhia nos últimos anos, a Fitch elevou o rating nacional de longo prazo da BR Partners de ‘AA-’ para ‘AA’

A Perspectiva do Rating Nacional de Longo Prazo é estável e deve ajudar nos esforços comerciais da vertical de derivativos.  

“Essa resiliência é impulsionada pela contínua expansão e diversificação de atividades dentro de suas unidades de negócio especializadas,” disse a Fitch.

De acordo com informações, com o upgrade, a BR Partners se torna o único banco do segmento S4 com um rating ‘AA’. O próximo upgrade seria para um rating ‘AA+’, seguido pelo ‘AAA’, o mais alto possível.   

Além disso, o rating terá um impacto comercial para a companhia, ajudando na área de treasury, sales and structuring, que atua com a estruturação de operações de derivativos e responde por cerca de 20% do top line da companhia.

Outro benefício será no custo de funding, que deve cair com o novo rating.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

José Flávio, CEO da BR Partners, disse, no entanto, que não espera um impacto tão significativo nessa frente porque a BR Partners já vinha sendo precificada como uma empresa ‘AA’.

Leia mais  BR Partners (BRBI11) lucra R$ 33 milhões no resultado 4T22

Itaú eleva recomendação para BR Partners e aumenta preço-alvo

O Itaú acaba de elevar sua recomendação para a BR Partners (BRBI11) de ‘neutro’ para ‘compra’, argumentando que o banco de investimentos está vivendo um momento positivo de resultados e negociando a um valuation descontado. O analista Pedro Leduc também aumentou o preço-alvo para a ação, de R$ 13 para R$ 18. Atualmente, o papel está sendo negociado em torno de R$ 15,10, com uma alta de 5% no dia de hoje.

O Itaú acredita que a BR Partners também se beneficiará da melhora do mercado, que começou há alguns meses e ainda deve se intensificar. O banco destaca a resiliência da BR Partners durante a recente fraqueza do mercado de capitais, evidenciada pelo crescimento de 14% nos lucros e 30% na receita entre 2021 e este ano, com um retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) próximo de 20%.

Para o analista, as áreas de DCM (Debt Capital Markets) e M&A (Mergers and Acquisitions) devem ganhar tração no segundo semestre. O aumento da atividade de DCM impulsionará a área de sales & trading, que fornece serviços aos clientes, e a alavancagem operacional geral da companhia.

Leia mais  Moody's eleva Ratings da BR Partners de A+ para AA

O Itaú aumentou sua estimativa para o lucro da BR Partners em 13% para este ano e em 1% para o próximo ano. Agora, o banco projeta lucros de R$ 158 milhões e R$ 184 milhões, respectivamente. De acordo com o Itaú, a BR Partners negocia a 9 vezes o lucro estimado para este ano e 8 vezes o lucro do próximo ano, o que é considerado um patamar descontado pelo banco. O preço-alvo do Itaú implica em uma valorização da ação para um múltiplo de 10 vezes o lucro de 2024, mais próximo de seus concorrentes. Por exemplo, o BTG negocia a 12 vezes o lucro.

No relatório, o Itaú também elogiou a decisão da BR Partners de entrar no segmento de wealth management, contratando executivos experientes desse mercado. O Itaú considera essa vertical altamente estratégica e sinérgica, destacando o forte network de famílias de alto patrimônio da BR Partners no Brasil, tanto como acionistas quanto clientes. O Itaú estima uma receita de R$ 5-10 milhões para essa vertical no próximo ano, com o negócio atingindo o ponto de equilíbrio em 2025, o que pode se mostrar conservador, segundo o analista.

Leia mais  Dasa (DASA3) anuncia revisão de rating pela Fitch, indo de "estável" para "negativa"

Sobre a BR Partners

BR Partners é um banco de investimentos independente brasileiro fundado em 2009. Oferece assessoria financeira para operações de fusões e aquisições (“M&A”), gestão de recursos, entre outros serviços relacionados ao mercado financeiro.

Possui sede na cidade de São Paulo, com escritório localizado na Av. Brigadeiro Faria Lima.

O capital da empresa é constituído na forma de uma partnership, onde executivos e parte dos funcionários são sócios. Outra parte do capital é de Fundos de Investimentos em Participações (“FIPs”). Esses cotistas são de onze famílias de empresários brasileiros de diversos ramos de atividade.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Eletrobras tem perspectiva negativa mantida pela Fitch

Márcia Alves

Fitch confirma Ratings da Sabesp com perspectiva estável

Paola Rocha Schwartz

Fitch rebaixa China, por riscos de crescimento

Márcia Alves

BR Partners lucra R$ 43 milhões no resultado 4T23

Leonardo Bruno

Fitch Ratings eleva nota do Banco Master de ‘BBB- (bra)’ para ‘BBB (bra)’

Guia do Investidor

RE-IPO da BR Partners a R$ 12,75 é aposta para voltar a “brilhar” na bolsa

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário