Guia do Investidor
ETF de bitcoin
Bitcoin / Criptomoedas ETF Notícias

BTCE11: o ETF de criptomoeda mais negociado na Europa chega à B3

Uma das empresas de maior relevância no mercado de europeu, ETC Group marca sua chegada no

Nos últimos anos, o mercado de (Exchange Traded Funds) tem presenciado um crescimento exponencial em todo o mundo, inclusive no Brasil. Esses têm atraído devido à diversificação no mercado de , além de permitir exposição a índices temáticos. Neste cenário, o ETC Group, uma das empresas de maior relevância no mercado de criptomoedas europeu, desembarca em breve ao mercado brasileiro com o lançamento do BTCetc ( Exchange Traded Crypto), o primeiro ETP (Exchange Traded Product) de cripto a ser transacionado na respeitada bolsa alemã XETRA e um dos fundos do tipo mais negociados em toda Europa. O produto chega à B3 em breve e estará disponível sob o ticker BTCE11.

A expectativa com o lançamento é trazer ao país um produto gold-standard, cuja base de investidores na Europa é majoritariamente de institucionais. Dentre eles, alguns dos maiores bancos privados europeus e americanos, além de fundos de pensão. Esses players se beneficiam principalmente pela liquidez oferecida por um dos maiores players globais do setor e segurança do produto.

Leia mais  Começa período de reserva do META11, ETF de metaverso da Hashdex

Listado na B3, o BTCE11 dará exposição à bitcoin por meio de todas as plataformas de investimentos ou de bancos, sem a necessidade de utilizar uma carteira específica de criptomoedas para armazenar o ativo ou de ter expertise em tecnologia Blockchain. Desse modo, os investidores podem ter a segurança de um que já é negociado em bolsas europeias regulamentas, como XETRA (Frankfurt), Euronext (Amsterdã) e SIX Swiss (Zurique).

“O ETC Group está na vanguarda da inovação quando falamos em gerenciamento de ativos digitais. Desde o lançamento do primeiro ETP de Bitcoin na bolsa alemã, temos levado novas opções de investimento em cripto para investidores de toda a Europa e outros países. Nossa chegada ao Brasil marca mais um passo de nosso processo de globalização, em um momento em que os investidores do país se mostram mais maduros e interessados em diversificar a carteira com produtos cripto. Estamos felizes em poder oferecer aos brasileiros mais uma opção de investimento em títulos baseados em criptomoedas de forma segura e ambiente regulamentado”

Afirma Veronica Pimentel, Diretora de Distribuição do ETC Group para América Latina.

O BTCE11 é o primeiro produto de uma extensa linha que a ETC Group pretende trazer para o Brasil. A chegada da empresa no país ocorre em parceria com a gestora Kanastra, uma plataforma de Asset Management as a Service, com foco em gestão passiva de fundos estruturados — como FIDCs, FIIs, e ETFs baseados em tecnologia, e será administrado pela Vórtx, fintech de infraestrutura para o mercado de capitais com mais de meio trilhão de ativos em sua plataforma.

Leia mais  HASH11: Comprar ou Vender ETF de Criptomoedas?

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

ELAS11 – ETF do índice Teva Mulheres na Liderença tem Rebalanceamento: veja o que mudou

Guia do Investidor

QBTC11 passa de 1.000 bitcoins sob custódia

Guia do Investidor

BTG Pactual lança primeiro ETF de crédito privado do Brasil

Guia do Investidor

META11, ETF de metaverso da Hashdex, é oficialmente lançado na B3

Guia do Investidor

Quais os ETFs favoritos dos investidores em 2022? Confira o ranking

Leonardo Bruno

BTCE11: o ETF de criptomoeda mais negociado na Europa chega à B3

Guia do Investidor

Deixe seu comentário