Guia do Investidor
carrefour grupo big
Notícias

Cade julga compra do Big pelo Carrefour (CRFB3)

A compra do pelo (CRFB3) foi aprovada pelos acionistas da empresa em assembleia geral extraordinária (AGE) recentemente. Nesse sentido, o próximo passo para a transação ocorrerá quando a transação será avaliada em sessão ordinária do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Assim sendo, em janeiro, a superintendência-geral do Cade recomendou a aprovação da transação, mas condicionou o negócio ao desinvestimento de algumas unidades de atacarejo.

Diante disso, a proposta de compra do Grupo Big inclui o pagamento, em dinheiro, de R$ 5,25 bilhões aos atuais controladores da varejista, o fundo de private equity Advent International e Walmart; e a incorporação dos 30% remanescentes do capital social pelo Carrefour Brasil.

registra aumento de 14% das vendas no 1º trimestre

O Carrefour Brasil (CRFB3) registrou vendas brutas de R$ 20,8 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Isto é, um avanço de 14,5% na comparação com mesmo período de 2021.

De acordo com a empresa, as vendas em mesmas lojas (Lfl) avançaram 8,5%, sendo incremento de 7,5% sem gasolina. Assim sendo, apenas no digital (GMV), o avanço foi de 50,8%.

Leia mais  ASAI3, GMAT3, CRFB3: Supermercados têm alta de 7% nas vendas do primeiro trimestre

Desse modo, o Carrefour destacou ainda que no primeiro trimestre a empresa registrou um aumento de 1% em sua fatia de .

Segundo a varejista, o resultado teve influência, principalmente pelo sólido crescimento na categoria alimentar em todos os segmentos.

Em relação as vendas brutas do Atacadão, estas atingiram crescimento de 18,6% no trimestre e as vendas do segmento alimentar do Varejo cresceram 8,4%.

Diante disso, o crescimento de alimentos foi forte nos canais físico e digital, com este último crescendo 2,5x no 1T22. Isto é, impulsionado pela escalabilidade do Atacadão e pela recente iniciativa de picking in store do Varejo.

Dessa forma, o faturamento bruto do Banco Carrefour continuou crescendo e atingiu R$1 2,0 bilhões no 1T22. Ou seja, um crescimento de 10,6% na base anual.

Assim, a empresa destaca que o “desempenho foi impulsionado pelos cartões de crédito Carrefour (+7,8%) e Atacadão (+15,0%).

Portanto, o desempenho também foi positivo em cross-sell e novos produtos, que contribuíram com 38,2%, beneficiados pela aceleração dos empréstimos pessoais”.

Nossas redes:

Leia mais

Após finalização de aquisição do Grupo Big, Carrefour anuncia pagamentos de JCP

Leonardo Bruno

Carrefour Brasil (CRFB3) pagará R$ 264 milhões em juros sobre capital próprio dia 29

Ruan Sousa

As melhores ações da semana? Confira as apostas da XP para os próximos dias

Leonardo Bruno

Carrefour anuncia investimento de R$ 2,1 bilhões em conversão de unidades do Grupo Big

Leonardo Bruno

Acordo fechado: Carrefour (CRFB3) confirma compra do grupo BIG

Leonardo Bruno

Carrefour Brasil (CRFB3): Abílio Diniz será novo vice-presidente do conselho

Ruan Sousa

Deixe seu comentário