Carteira de Fundos Imobiliários da XP para abril de 2019

Carteira de Fundos Imobiliários da XP para abril de 2019

10 de abril de 2019 0 Por Diego Dias

Saiba quais são os melhores fundos para se investir no mês de abril. Confira as recomendações da XP investimentos.

Com 4 mudanças, a XP Investimentos, anuncia suas recomendações para quem vai investir em fundos Imobiliários no mês de abril. Confira as alterações

O que mudou?

A corretora XP investimentos optou por mudar a forma como analisa o mercado de imóveis. Com isso decidiu unir na mesma carteira papeis voltados para gerar renda e outros com potencial para gerar valor.

Sendo assim a Corretora tirou de sua carteira os fundos de Hedge Brasil (HGBS11), BC Found (BRCR11), TB Office (TBOF11) e Hotel Maxinvest (HTMX11).

Para os seus lugares foram adicionados, Valora RE III (VGIR11), que faturou 69 milhões em sua segunda emissão. E SDI Logística Rio (SDIL11), empresa voltada para administração de galpões logísticos com perspectiva de crescimento e potencial para distribuir bons dividendos.

Logo as outras duas adicionadas foram Vila Olímpia Corporate (VLOL11), que também tem perspectiva de que distribuirá bons proventos, visto que haverá reajuste nos valores de seus imóveis alugados.

E por fim, foi adicionado os papeis da Vinci Shopping Centers (VISC11). A empresa promete pagar R$0,60 por cota nos primeiros 12 meses, e com aproximadamente R$200 milhões disponíveis para compra de mais ativos. Então Outros 6 ativos se manterão os mesmo do mês de março.

Carteira recomendada pela XP para abril

A XP investimento divulgou seu portfólio completo. Assim foi levado em consideração a qualidade da localização dos imóveis, a gestão e a perspectiva de crescimento. Veja seguir.

Tabela 1 – Carteira Recomendada para o mês de abril por XP Investimentos.

Assim para o mês de abril a XP investimentos utiliza como parâmetro a proporção entre seus ativos.

Logo os papeis de lajes corporativos ocupam 30% da carteira. A corretora optou por escolher ativos de alto padrão e com boa localização em pontos valorizados. Ativos logísticos, shoppings e recebíveis, equivalem a 20% cada um.

Pois segundo a corretora, estará mais exposta a um cenário onde há baixa situações de vacância. Logo com a valorização, que eleva os preços dos alugueis, o resultado é ganho de capital e aumento de renda.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/