Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

CBA (CBAV3) conclui aquisição de 80% da Alux do Brasil

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Companhia Brasileira de Alumínio – CBA (CBAV3) anunciou na manhã desta terça-feira que concluiu a aquisição de 80% do capital social da Alux do Brasil. Dessa forma, vale lembrar que a aquisição teve aprovação pela Diretoria da companhia em 03 de novembro do ano passado.

“A transação está alinhada à estratégia de longo prazo da CBA de ampliar a capacidade de alumínio reciclado e contribuirá com o compromisso de produzir alumínio com uma pegada de carbono cada vez menor, além de possibilitar a entrada da Companhia no segmento de ligas secundárias.”

disse a Companhia Brasileira de Alumínio em comunicado ao mercado.

De acordo com ela, a Alux é um dos principais fornecedoras de alumínio secundário do país. Além disso, informou que a empresa possui 46 mil toneladas por ano de capacidade instalada. Por meio dos certificados ISO 9001 e ISO 14001, a Alux ganhou reconhecimento internacional de qualidade e sustentabilidade, além das boas práticas de compliance.

O terceiro trimestre da CBA

Durante o terceiro trimestre do ano passado, a Companhia Brasileira de Alumínio somou um prejuízo líquido de R$ 41 milhões. Contudo, mesmo sendo um resultado negativo, ele representa uma melhora de 91% em relação ao prejuízo de R$ 460 milhões do mesmo período do ano anterior. De acordo com ela, o melhor resultado se deve principalmente ao avanço de sua receita, que foi de R$ 1,4 bilhão para R$ 2,3 bilhões.

“Este crescimento ocorreu, majoritariamente, pelo aumento da receita em todos os segmentos, justificado pelo aumento do preço do alumínio, que atingiu um patamar médio de US$ 2.648/tonelada no 3T21”.

disse a CBA em relatório.

Além disso, em relação ao EBITDA ajustado, a companhia reportou o valor de R$ 314 milhões. Portanto, houve um crescimento expressivo ante o EBITDA ajustado de R$ 159 milhões do mesmo período do ano anterior.

Leia mais  CSN (CSNA3): Cade recomenda aprovação da compra da Holcim no Brasil pela companhia

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Meta em conversas para comprar detentora da marca Rayban

Paola Rocha Schwartz

Ligga, do Paraná, oferece R$ 1 bilhão pela ClientCo da Oi

Paola Rocha Schwartz

CBA sobe com recomendação de compra do Bradesco BBI

Paola Rocha Schwartz

Mills adquire JM, visando alcance e diversificação

Rodrigo Mahbub Santana

Conselheiro da CBA (CBAV3) renuncia

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário