Guia do Investidor
cemig light
Notícias

Cemig (CMIG4) revoga instrução da CVM

  • A companhia , anunciou nesta manhã a revogação da instrução CVM nº 358;
  • A instrução veda a negociação de em caso de privação de divulgação de fatos relevantes;
  • Assim, a Cemig afirma que a medida visa favorecer inquérito interno e assegurar melhores .

A Cemig divulgou ao mercado nesta manhã um curioso comunicado. A empresa informa ao mercado, nos termos da Resolução CVM nº 44/2021, de 23/08/2021, que revogou a Instrução CVM nº 358, de 03/01/2002.

A instrução dispõe sobre a divulgação e uso de informações sobre ato ou fato relevante relativo às companhias abertas, disciplina a divulgação de informações na negociação de valores mobiliários e na de lote significativo de ações de emissão de companhia aberta. Assim, estabelece vedações e condições para a negociação de ações de companhia aberta na pendência de fato relevante não divulgado ao mercado.

Ademais, a companhia informa sobre a 7ª Reunião Extraordinária da Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Segundo comunicado, foi aprovado o relatório final decorrente dos trabalhos para apurar atos da gestão da Cemig.O relatório final será encaminhado ao Ministério Público de Minas Gerais e demais órgãos de controle que avaliarão os encaminhamentos que serão adotados.

Leia mais  Sem ideias para a carteira? Confira as indicações de duas corretoras para a semana!

Por fim, não deixe de conferir abaixo o comunicado na íntegra:

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Cemig (CMIG4) adquire três usinas de energia solar por R$ 100 milhões

Ruan Sousa

As Melhores Ações Recomendadas para Julho de 2022

Leonardo Bruno

Light (LIGT3), Copel (CPLE6) e Cemig (CMIG4) se manifestam sobre lei sancionada que devolve PIS/Cofins cobrado na conta de luz

Ruan Sousa

Após adiamentos, Aneel aprova reajuste nas tarifas da Cemig (CMIG4)

Ruan Sousa

Cemig (CMIG4) aprova R$ 353 milhões em juros sobre capital próprio, R$ 0,16 por ação

Ruan Sousa

Estas ações são as verdadeiras melhores pagadoras de dividendos da bolsa: Entenda a razão

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário