Guia do Investidor
Ações Resultados

CMIG4, ALPA4 e UNIP6: Análise resultados 1T 2020

As empresas Cemig (CMIG4), Alpargatas (ALPA4) e Unipar (UNIP6) apresentaram os seus resultados no primeiro trimestre de 2020. Dessa forma, os investidores podem observar os resultados para investir melhor.

Assim, preparamos uma análise que traz o que foi obtido por essas companhias no início do ano. Então vamos saber mais sobre o assunto e verificar quais foram esses resultados.

Resultados apresentados pela Cemig (CMIG4)

No dia 15 de maio a Cemig (CMIG4) comunicou quais foram os resultados que a empresa conseguiu em 2020. Desse modo, a mesma que atua no setor de energia no estados de Minas Gerais é destaque no Brasil.

Assim, no primeiro trimestre de 2020, ela teve um certo prejuízo líquido que ficou na faixa dos R$ 56,8 milhões. Dessa maneira, são -107,1% de diminuição em relação ao ano de 2019 nesse mesmo período.

Então confira quais são os outros números que a empresa conseguiu:

  • Lucro líquido: -56,8 milhões;
  • Ebitda (margem): 13,3%;
  • Margem bruta: 25,3%;
  • Margem líquida: -0,9%;
  • Recursos liberados: R$ 122 milhões;
  • Energia (residencial): 1,50%;
  • Energia (industrial): 3,0%;
  • Total de energia: obteve -0,37% de queda;
  • Energia (rural): -10,04% a menos que em 2019;
  • Energia (poder público): -2,99% inferior;
  • Iluminação pública: decaiu em cerca de -3,54%;
  • Serviço público: -1,07% a menos que em 2019;
  • Distribuição (concessionárias): -2,94% de diminuição;
  • Consumo da própria empresa: são -5,78% menores do que em 2019;
  • Média de preço: R$ 575,59 (watt-hora);
  • Receita (líquida): R$ 6,05 bilhões, sendo 2,5% de alta;
  • Lucro bruto: R$ 1,53 bilhões, com -9,8% a menos;
  • Serviços totais: R$ 4,52 bilhões, apresentando 7,4% de aumento;
  • Ebitda: R$ 808,2, retraindo em -44,7%;
  • Ebitda (margem): 13,3%, diminuindo em -11,4%;
  • Resultado das finanças: R$ 726,7 milhões, com 615,5% de crescimento;
  • Geral de despesas: 25,3%, com -3,4% de pontos;
  • Prejuízo (líquido): R$ 56,8 milhões e diminuição de -107,1%
Leia mais  Prejuízo da OI (OIBR3) bate os R$ 3,9 bilhões no 1T21

Resultados da empresa Alpargatas (ALPA4)

A empresa Alpargatas (ALPA4) realizou a divulgação dos seus resultados do primeiro trimestre em 05 de maio. Dessa forma, a companhia que atua no setor de calçados também possui as suas ações listadas na bolsa de valores.

Assim, o lucro líquido que a mesma apresentou chegou na faixa dos R$ 23,3 milhões, sendo -46,4% de diminuição. Então, vamos verificar os outros resultados que a empresa conseguiu:

  • Lucro líquido: R$ 23,3 milhões;
  • Ebitda (margem): -1,2%;
  • Margem bruta: 48,3%;
  • Margem (líquida): 3,1%;
  • Adicionais de crédito: R$ 0,8 bilhões;
  • Receita líquida: R$ 549,5 milhões, com -10,1%;
  • Volume (vendas): 44.089 pares, mas com -12,7% de queda;
  • Lucro bruto: 8,8% a menos do que foi obtido em 2019;
  • Receita líquida: R$ 197,5 milhões, retraindo em -5,1%;
  • Vendas totais no Brasil: 5.925 pares, porém com -21,0% de queda;
  • Internacional (lucro bruto): foram 18,4% inferiores aos de 2019;
  • Receita líquida: R$ 747,0 milhões, com 8,8% de diminuição;
  • Lucro bruto da empresa: R$ 360,7 milhões, e -12% menor que 2019;
  • Custos (produtos): R$ 360,7 milhões, com -5,6% de retração;
  • Ebitda: se fixou em R$ 8,8 milhões, sendo -106,4% a menos;
  • Margem da Ebitda: -1,2% e -19,7 pontos a menos;
  • Resultado financeiro: R$ 18,2 milhões de lucro, com 250,5% a mais que em 2019;
  • Despesas no geral: recuo de pelo menos -12,8%;
  • Margem bruta: 48,3% e um patamar de -1,8 pontos;]
  • Lucro (líquido): R$ 23,3 milhões e diminuição de -46,4%;
  • Por fim a margem líquida: 3,1%, sendo -1,5 pontos a menos.
Leia mais  Com exterior cauteloso, risco-país disparou

Resultados daCMIG4, ALPA4 e UNIP6 empresa Unipar (UNIP6)

Por sua vez a Unipar (UNIP6) emitiu os seus resultados ao mercado no dia 13 de maio. Com isso, os números que a mesma obteve foram os seguintes:

  • Prejuízo (líquido): R$ 94,3 milhões, com queda em 267,9%;
  • Lucro líquido: -R$ 94,3 milhões;
  • Ebitda (margem): 11,0%;
  • Margem bruta: 26,1%;
  • Margem líquida: -11,7%;
  • Receita (líquida): R$ 247,8 milhões, apresentando diminuição em 2,7%;
  • Ebitda: R$ 88,8 milhões, com 36,9% a menos que 2019;
  • Ebitda (controladora): -R$ 100,5 milhões, o que fica em R$ 127 milhões negativos;
  • Prejuízos líquidos: R$ 94,4 milhões, com R$ 92,2 milhões somente na controladora;
  • Receita líquida: R$ 801,6 milhões, aumento de 0,6%;
  • Lucro bruto: R$ 209,8 milhões, sendo 11,6% de alta;
  • Serviços (custos): R$ 591 milhões, decaindo em 2,7%;
  • Ebitda (empresa): R$ 88,7 milhões, com 36,9% de queda;
  • Ebitda (margem): 11,0%, sendo 37,3 a menos que 2019;
  • Resultado financeiro: R$ 100,7, apresentando um patamar inferior de 521,6%;
  • Despesas no geral: 42,7% maiores que no ano passado;
  • Margem bruta: 26,1%, aumentando em 10,6 pontos;
  • Lucro líquido: R$ 94,3 milhões, com 168,3% a menos;
  • Dívidas: R$ 761,4 milhões, o que é um acréscimo em torno dos R$ 83,9 milhões.
Leia mais  Bolsa segue rumo a 2 milhões de investidores

Faça parte do melhor grupo de investidores no Telegram: Entrar no Grupo

Siga nossas redes e não fique desatualizado do mercado:

Leia mais

O sucesso das Criptomoedas: ETF de cripto tem mais investidores que o índice da Ibovespa

Leonardo Bruno

Está confuso com a Bolsa? Entenda agora os movimentos do mercado em 2022

Leonardo Bruno

Eztec (EZTC3) reporta VGV 28,8% superior no 4T21

Diogo Albuquerque

XP Investimentos (XPBR31) tem alta de 164% em carteira de crédito no 4T21

Diogo Albuquerque

Priner (PRNR3) vê receita bruta crescer 76% nos dados prévios do 4T21

Diogo Albuquerque

GMV da Enjoei (ENJU3) cresce 26% na prévia do resultado 4T21

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário