Guia do Investidor
ibovespa
Notícias

Com juros subindo na Europa, Bolsas abrem mistas com aversão ao risco global

O abriu em baixa e intensifica as perdas com a aversão ao risco dos mercados externos, que oscilam muito após o BCE elevar os em 0,50 pp, a primeira desde 2011 e acima das expectativas do , que aguardavam aumento de 25 pb.

A queda das commodities pressiona o índice, que cai agora aos 97.752,79 pontos (-0,54%), após mínima de 97.198,31 e máxima de 98.286,46.

image 233

Por aqui, há também fortes expectativas em relação ao relatório de produção da Petrobras, depois do fechamento do mercado. As ações da estatal acompanham a queda expressiva do nos mercados internacionais: papel ON (PETR3) perde 3,73% (R$ 30,75) e PN () -3,22% (R$ 28,23). Petrorio () cai 2,16% (R$ 21,78) e 3R Petroleum (RRRP3) recua 4,42% (R$ 30,25). O registro de novos casos de covid-19 e restrições em Xangai, aliado à crise imobiliária com o boicote às hipotecas de obras atrasadas no país, renovam as incertezas sobre a retomada econômica da .

em AltaVAR (%)Empresas em queda VAR (%)
IRBR35,19RRRP3-4,33
EZTC32,75PETR3-3,73
CYRE32,21-3,08
SOMA32,2MRFG3-2,97
POSI32,06PETR4-2,91
Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Novo Ibovespa: Arezzo, Raízen e São Martinho estão vindo aí

Leonardo Bruno

TECB11 e TRIG11 são os ETFs de ações nacionais mais rentáveis nos últimos 30 dias

Guia do Investidor

Acima dos 112 mil pontos: o que explica a alta do Ibovespa?

Leonardo Bruno

Refletindo na “chuva de resultados”, Ibovespa recupera os 110 mil pontos nesta manhã

Leonardo Bruno

Fim da Euforia? Ibovespa volta a fechar no vermelho após 7 sessões em alta

Leonardo Bruno

Ibovespa segue disparando e bate os 111 mil pontos

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário