Guia do Investidor
brasil eua
Notícias

Comércio Brasil-EUA alcança recorde de US$ 42,7 bilhões no semestre, aponta análise Amcham

As trocas de bens entre o e os registraram novo recorde no primeiro semestre de 2022, segundo a edição mais recente do Monitor do Comércio Brasil-EUA da Amcham Brasil. O estudo indica que o intercâmbio comercial entre os dois países foi de US$ 42,7 bilhões no período, um aumento de 43,2% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

O bilateral seguiu bastante aquecido neste primeiro semestre. O aumento dos preços internacionais e, em menor medida, da demanda de importantes da pauta bilateral, levaram a valores inéditos nas importações e brasileiras em relação aos Estados Unidos

conclui Abrão Neto, vice-presidente Executivo da Amcham Brasil.

Os dados do Monitor da Amcham Brasil estão disponíveis gratuitamente, clicando aqui.

Importações do setor de energia puxam

As importações brasileiras vindas dos Estados Unidos cresceram 52,4%, batendo o recorde de US$ 25 bilhões no 1º semestre. O aumento foi puxado sobretudo pelas compras de produtos de energia, como combustíveis e derivados de , gás natural, petróleo bruto e carvão — que, juntos, representaram 43,7% do total das importações brasileiras.

Exportações seguem em alta

Leia mais  A alimentação é o maior investimento dos paulistanos, aponta IBOPE

As exportações brasileiras para os Estados Unidos continuam em alta, com incremento de 31,9% no ano. Contribuiu para o valor inédito de US$ 17,7 bilhões o desempenho positivo das de carne bovina, petróleo bruto, madeira trabalhada, produtos siderúrgicos e equipamentos de engenharia civil.

Maior déficit bilateral
O Brasil registrou o seu maior déficit com os durante um primeiro semestre, no valor de US$ -7,4 bilhões. Esse também foi o maior déficit do Brasil com qualquer parceiro comercial em 2022.

Efeitos da guerra na Ucrânia

A escalada das cotações internacionais de produtos de energia e alimentos, impactada pela guerra na Ucrânia, influenciou o desempenho de itens importantes do comércio bilateral, como petróleo e derivados, fertilizantes, insumos químicos, entre outros.

O Monitor do Comércio Brasil-EUA da Amcham também traz análises do desempenho comercial por regiões e principais estados brasileiros. O acesso é gratuito, clicando aqui no site da Amcham.

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Expectativa nos negócios: pesquisa mostra estabilidade entre comerciários de SP

Guia do Investidor

Confiança dos empresários do comércio cai 1,5%

Agência Brasil

Ações que se beneficiarão com abertura gradual da economia

Diego Dias

Destaques do dia (11) – Bolsa, Economia e Política

Diego Marques

Veja o preço-alvo de 10 ações de varejistas para 2020

Diego Dias

Brasil assina acordo de livre comércio automotivo com Paraguai

Diego Dias

Deixe seu comentário