Guia do Investidor
outback
Franquias

Como abrir um restaurante Outback e faturar muito

A grande maioria dos leitores com certeza já comeu a blooming onions no . De fato as deliciosas cebolas apimentadas fritas junto com o pão australiano são um dos pedidos mais realizados nos restaurante. Sem falar em outras delícias oferecidas diariamente em seu cardápio que consegue agradar a todos os gostos.

Descubra sobre quanto de capital precisa ser investir e como passar no teste para tornar-se sócio do restaurante. Sendo uma das mais lucrativas do mundo, com mais de 1.000 restaurantes espalhados pelo planeta.

ou não?

Inicialmente, vamos esclarecer que o Outback não é uma franquia. Por isso na realidade o modelo aplicado e adotado por seus fundadores vai muito além dos requisitos de uma franquia. Com uma rede de restaurantes espalhados pelo mundo, o sistema de implementação para abertura do Outback é bem complexo. Nele, o empreendedor precisará passar por algumas etapas para a aprovação. Contudo, nesse caso dinheiro não é tudo. Ou melhor, o valor para iniciar a abertura do negócio é quase irrisória, cerca de R$ 60 mil. Pouco em comparação ao valor gasto no , que pode chegar a mais de R$ 5 milhões de Reais.

Desde já caso esta seja a sua ideia, mas não sabe como abrir um restaurante do Outback, ou se você é um empreendedor em potencial e está disposto a passar por algumas avaliações. Continue lendo o artigo até o final.

Outback – início

O inicio do restaurante se deu nos Estados Unidos. Na verdade com um modelo totalmente diferente pelo utilizado nas franquias, o restaurante oferece muito mais que o nome. Para se ter uma ideia, especialistas avaliam que a rede gera mais de U$ 4 bilhões por ano. Nada mal para quem já faz parte da sociedade da rede. Contudo, o modelo é muito complexo. Além de ter várias etapas para a aprovação antes da abertura em si. Na verdade o precisa passar por algumas etapas.

Leia mais  Doutor Sofá Franquia: saiba mais

Primeiramente, deverá saber se tem o perfil para a sociedade e passar por uma avaliação. Após a aprovação segue um outro processo de aprovação de parceiros, franqueados e colaboradores.

Como o outback funciona?

O modelo do restaurante Outback, como falado anteriormente não é de franquia. O modelo utilizado com muito sucesso é o de Joint Venture, onde todos os restaurantes pertencem ao mesmo grupo. Assim, com a aprovação do grupo o empreendedor passa a ser sócio proprietário, assumindo como gestor do restaurante . Com uma pequena entrada como investimento no negócio que não ultrapassa os R$60 mil reais.

Contudo, para se montar a estrutura de um restaurante como o Outback, serão necessário nada menos que R$ 5 milhões. Isso levando-se em consideração a localização, tamanho e estrutura do local. Porém, o empreendedor não deve se preocupar com os milhões. Pois, quem financia e realiza toda a configuração do restaurante é o grupo. Sendo a principal preocupação do empreendedor em passar nos 10 testes realizados.

Tornando-se sócio gestor

Acima de tudo para que o empreendedor se torne sócio gestor de um restaurante Outback, é necessária muita vontade de trabalhar. Claro, além de passar pelos testes. Isso porque o grupo procura um perfil de empreendedor que vista a camisa da empresa. Além disso o candidato precisará conhecer sobre gestão de alimentos e bebidas. Como também sobre gestão no ramo de hospitalidade.

De fato uma vantagem de se trabalhar com o Outback é que a maioria dos sócios-gestores vieram dos restaurantes. Logo, cozinheiros, recepcionistas, assistentes tornaram-se sócios e conseguiram fazer parte da grande família bilionária da Joint Venture.

Portanto começar de baixo foi o ponta pé inicial. Para que o sonho de muitos deles se tornassem realidade. Por isso para fazer parte dessa família, é preciso realizar um cadastro no do Outback. Preencher um cadastro e escolher entre as categorias apresentadas. Sendo que no caso do Outback, o grupo escolhe os sócios de acordo com o perfil, não o contrário. O contrário ao que geralmente acontece nos casos de franquias. Onde qualquer pessoa pode pagar pelo valor franqueado e obter o uso da marca.

Leia mais  Qual o tamanho da fortuna dos bilionários brasileiros?

Investimento x remuneração no Outback

Passadas as fases de análise e aprovação, o empreendedor deverá realizar o pagamento de R$ 60 mil Reais. Somente esse valor, nada mais, ainda assim, não pense que é uma pegadinha. A vantagem de se fazer parte dessa Joint Venture é a montagem de todo o restaurante será realizada pelo grupo. O empreendedor não terá que desembolsar mais nenhum valor adicional.

Primeiramente,o socio-gestor assina um contrato. Tendo inicialmente validade de 5 anos podendo ser prorrogado por mais tempo. Portanto de acordo com a avaliação de desenvolvimento e evolução do negócio. Além disso, o grupo fica com a maior parte do lucro do restaurante. Sendo tudo descrito no contrato com o empreendedor. Como também o valor que o sócio operador ou sócio gestor receberá de rendimentos. Assim, o empreendedor como sócio recebe uma remuneração, como pró-labore do grupo, sendo um valor de R$ 10 mil fixos. Além de 8% de comissões sobre as vendas do restaurante. O que não é nada mal para você que investiu R$ 60 mil e terá o retorno do investimento em menos de 6 meses. Levando em consideração o valor da comissão sobre as vendas. O que não é pouco em se tratando de um restaurante como o Outback.

Vagas de emprego na empresa

Como o grupo valoriza e prioriza quem começou de baixo e cresceu na empresa, as vagas de trabalho são visadas. Assim, as vagas se dividem em quatro tipos, sócio gestor, trabalho na cozinha, atendendo no restaurante ou em escritório. Logo, as vagas para cozinha estão entre auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza e auxiliar de preparo. Já no atendimento do restaurante as vagas se dividem em atendente de bar, atendente de restaurante, recepcionista. Além de auxiliar de limpeza de salão. No caso das vagas para o escritório, essas são disponibilizadas somente quando aparecem novas oportunidades. E são extremamente limitadas, como exemplo temos os cargos de coordenador contábil e coordenador de tributos diretos.

Leia mais  Quais bancos digitais rendem mais que poupança?

Formatação do restaurante

O Outback possui um ambiente requintado com um ar jovial e descontraído e possui arquitetura rústica. Mesmo assim, o material utilizado para a ambientação do restaurante é de muita qualidade e bom gosto. Deixando o local aprazível para os frequentadores que vão desde famílias inteiras no almoço de final de semana. Como também reuniões de em jantares ou almoços, ou até mesmo happy hours.

Para quem não conhece, o restaurante tem opções de petiscos e dose dupla nos happy hours, onde aumenta em muito a quantidade de fidelização dos . Que optam por qualidade e conforto, além de preço e muita descontração. Por outro lado os que realmente quiserem fazer parte do grupo devem focar em estudos sobre gastronomia. Como também hospitalidade, administração e gerência, além de ter em mente em se mudar ou trabalhar no eixo Rio-São Paulo. Onde o foco de expansão da empresa está posicionado atualmente e para integrar os mais de 30 restaurantes abertos somente no . Dessa maneira, prezar pelo conhecimento e estudos irão auxiliar no momento da avaliação.

Com isso, mantendo o alto nível exigido pelo grupo para manter o restaurante no modelo de gestão e qualidade presentes em todo o planeta. Por fim não deixe de se cadastrar no site do Outback. Quem sabe o próximo restaurante não terá o seu nome escrito na entrada?

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Desaceleração leva investidores para segmentos tradicionais, diz especialista

Guia do Investidor

7 formas de como ganhar dinheiro na internet ainda em 2022

Fernando Américo

Pronampe: veja onde pequenos empresários podem pedir dinheiro da nova fase

Guia do Investidor

Conservador, moderado ou arrojado: qual é o meu perfil de investidor

Guia do Investidor

Grupo Sabin anuncia novo investimento na startup Pickcells

Guia do Investidor

Será que vale a pena ser PJ?

Guia do Investidor

Deixe seu comentário