Guia do Investidor
eneva reservas gás
Recomendações

Compre ações da Eneva antes que o mercado perceba que está barato

  • O Bank of America revisou as de preço para as da ;
  • Assim, a instituição indica que espera uma alta de 40% para as ações, a um preço-alvo de R$ 18.

Corra para comprar as ações da Eneva (ENEV3). Pelo menos, é o que indica a mais recente análise da ação, feita pelo Bank of America. O motivo? As oportunidades de crescimento à frente.

Os analistas Arthur Pereira e Gustavo Faria aumentaram o preço-alvo de R$ 16 para R$ 18. Para eles, o endividamento da companhia está “apertado,” mas “não é um limitador no curto prazo.”

Eles estimam que a dívida líquida da Eneva corresponda a 4,6x seu EBITDA no final deste ano e 4,9x o de 2023, apesar do follow-on de R$ 4 bilhões no mês passado.

Apesar de a empresa não ser exatamente uma pechincha dentro do universo de utilities, os analistas acreditam que a ação ainda tem espaço para andar.

Se as oportunidades dos próximos seis meses se materializarem, o BofA acha que a ação teria um upside potencial de 40% em relação ao preço de tela.

Leia mais  As melhores Small Caps para Fevereiro de 2021

As três oportunidades principais são o leilão de energia de reserva previsto para setembro, quando haverá a contratação das térmicas derivadas da lei que permitiu a privatização da Eletrobras; a compra do Polo Bahia-Terra em parceria com a PetroRecôncavo; e o leilão de capacidade no PPA Itaqui e Termofortaleza.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Quer ganhar R$ 4 reais por ação? Então fique de olho nas ações da Eneva

Leonardo Bruno

“Terça do medo”: Ibovespa abre em queda em meio a apreensão global

Leonardo Bruno

Fitch remove observação negativa e afirma rating ‘AAA(bra)’ da Eneva (ENEV3)

Ruan Sousa

Eneva (ENEV3) capta R$ 4,2 bi em oferta de ações

Ruan Sousa

Dia de Follow-On: CVC (CVCB3) e Eneva (ENEV3) precificam nova oferta de ações

Leonardo Bruno

Justiça suspende negociações entre Petrobras (PETR4) e PetroReconcavo (RECV3) e Eneva (ENEV3) pelo Polo Bahia Terra

Ruan Sousa

Deixe seu comentário