Guia do Investidor
dinheiro notas real
Notícias

Dívida Pública chega a R$ 4,25 trilhões

A tentativa de conter o impacto negativo da pandemia do novo () na . Além do baixo volume de vencimentos fizeram o endividamento do governo subir.

Segundo dados divulgados pelo Tesouro nacional a dívida pública federal aumentou 2,17% em maio comparado com abril. Atingindo a incrível marca dos R$ 4,251 trilhões.

A dívida interna (DPMFi) cresceu 2,26%. Sendo anteriormente R$ 3.943,70 trilhões para agora registrar R$ 4.032,93 trilhões. De acordo com o Relatório Mensal da Dívida Pública Federal, divulgada Pelo , a divida pública cresceu devido à emissão líquida, no valor de R$ 73,94 bilhões e à apropriação positiva de juros, no valor de R$ 15,28 bilhões.

Já em relaçao a dívida externa o relatório, mostra que houve aumento de 0,41% comparado com abril, fechando o mês de maio em R$ 218,00 bilhões (US$ 40,17 bilhões), sendo R$ 197,36 bilhões (US$ 36,37 bilhões) referentes à dívida mobiliária e R$ 20,64 bilhões (US$ 3,80 bilhões) relativos à dívida contratual. Somando-se a dívida interna com a externa chegamos ao total de R$ 4,251 trilhões da dívida pública federal.

Quem administra a dívida pública federal?

O orgão responsável por administrar as dívidas públicas mobiliária e contratual. Interna e externa, de responsabilidade direta e indireta do Tesouro Nacional é a Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Leia mais  A hora de comprar ações é agora. Não perca o bonde

Segundo a Portaria nº 29, de 21 de janeiro de 2016, o objetivo da gestão da Dívida Pública Federal, é suprir de forma eficiente as necessidades de financiamento do , ao menor custo no longo prazo.

A dívida pública também é fiscalizada por dois órgãos principais: O Tribunal de Contas da União – TCU e o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União – CGU. Além do papel fiscalizador da sociedade.

De fato existem outras formas pelas quais a sociedade pode controlar a gestão da dívida. Os deputados e senadores, por exemplo. Podem fazer requerimentos de informação sobre pontos específicos ou podem convocar os gestores da política econômica para prestar esclarecimentos.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Taxa de custódia do Tesouro Direto será cobrada na segunda-feira; veja quem paga

Leonardo Bruno

Tesouro Nacional lançará título de aposentadoria com renda mensal

Diogo Albuquerque

Tesouro Direto vale a pena? Saiba tudo sobre o investimento

Victor Rodrigues

Por que o governo privatiza suas estatais? Entenda agora

Leonardo Bruno

Resultado fiscal do Governo surpreende o mercado

Prepare-se: o teto de gastos será violado; veja as consequências

Deixe seu comentário