Guia do Investidor
dolar moeda 0803221206
Notícias

Dólar opera misto a espera de declarações do Presidente do FED

O sobe na abertura, a R$ 5,1644 (+0,21%), em linha com o desempenho ante a maioria das moedas. O DXY sobe 0,10% (104,543) em meio à aversão ao risco global por medo da recessão antes do testemunho do chair do Federal Reserve, , que pode fornecer mais pistas sobre a trajetória de aperto monetário do banco central dos Estados Unidos.

Ademais, o mercado espera falas de outros membros do BC americano ao longo do dia.

Na B3, às 9:39 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,66%, a 5,1780 reais.

A movimentação estava alinhada ao desempenho internacional do dólar, cujo índice frente a uma cesta de moedas fortes tinha alta nesta quarta-feira. As divisas de Austrália, Chile e África do Sul, pares arriscados que o costuma acompanhar, registravam baixa no dia.

Guilherme Esquelbek, analista da Correparti Corretora, citou um retorno dos mercados internacionais ao mau humor visto na semana passada, com as principais bolsas de valores do mundo operando no vermelho nesta manhã “em meio a temores sobre uma possível recessão não apenas nos Estados Unidos, mas na global”.

Leia mais  Dólar abaixo de R$ 5? Confira os destaques da Bolsa

A atividade econômica começou a preocupar os mercados de forma mais expressiva depois que o Federal Reserve endureceu sua postura de política monetária. Há exatamente uma semana, o banco central norte-americano elevou seus básicos no ritmo mais intenso desde 1994, em 0,75 ponto percentual, numa tentativa de domar a maior inflação em décadas.

Mais cedo, o CPI do Reino Unido bateu máximas de 40 anos, a 9,1%, com aumentos generalizados, o que enfraqueceu a libra (-0,27%). Na busca por ativos seguros, os rendimentos dos Treasuries recuam (note de 10 anos a 3,20%, de 3,28%) e, aqui, os juros futuros acompanham em moderada, com petróleo recuando forte e o monitorando riscos fiscais diante das incertezas sobre a Petrobras.

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Compra de dólar e euro em espécie no Itaú cresce 900% em 2022

Guia do Investidor

O momento é bom para comprar Real, mas cuidado com os riscos

Leonardo Bruno

Hora de trocar o Dólar pelo Real na sua carteira chegou? É o que afirma famosa gestora

Leonardo Bruno

Dólar e Ibovespa: os dois irmãos que não se bicam

Leonardo Bruno

Após alta de juros, hEDGEpoint avalia próximos passos do Fed e impactos no Real

Guia do Investidor

Fed aumenta taxa de juros e movimenta mercado de criptomoedas

Guia do Investidor

Deixe seu comentário