Guia do Investidor
embraer ira
Notícias

Embraer (EMBR3) inicia parceria para criar combustível sustentável

A companhia aérea (EMBR3) anunciou a assinatura de um memorando de entendimento com a Pratt & Whitney. De acordo com a companhia brasileira em comunicado ao mercado, a colaboração visa estudos de combustível de aviação 100% sustentável. Dessa forma, as empresas trabalharão em conjunto para realizar testes de solo e voo com o combustível em uma aeronave E195-E2 da Embraer.

Assim sendo, como pontua a Embraer no documento, a colaboração “reflete o compromisso compartilhada da Embraer e da Pratt & Whitney em apoiar as ambiciosas metas ambientais da indústria de aviação”. Dentro dessas metas se inclui a de zerar as emissões líquidas de CO2 nos voos até 2050.

“Temos o compromisso de aprimorar continuamente a eficiência e o desempenho de nossos produtos e, ao ampliar ainda mais sua compatibilidade com o SAF [combustível 100% sustentável], possibilitaremos que nossos clientes operem da forma mais sustentável possível.”

disse o presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial, Arjan Meijer.

Além disso, Meijer pontuou que a Embraer possui um longo histórico de inovação em combustíveis sustentáveis. Isto é, em 2004 a companhia teve a primeira aeronave certificada a operar com etanol. Assim sendo, a colaboração é um pré-requisito basilar para que a companhia alcance seus objetivos ambientais. De acordo com o CEO, a Embraer está muito satisfeita com a parceria firmada com a Pratt & Whitney.

“Por meio de nossa busca constante por tecnologias de propulsão de aeronaves mais eficientes, estamos determinados a apoiar nossos clientes a alcançar suas metas de emissões líquidas de CO2 zero até 2050 e garantir que nossos motores estejam prontos para operação com 100% SAF.”

disse o diretor de sustentabilidade da Pratt & Whitney, Graham Webb.

Essa é mais uma das inúmeras parcerias que a Embraer vem realizando nas últimas semanas. Saiba mais sobre as outras clicando aqui.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Embraer (EMBR3) negocia parcerias na Índia para aeronave turboélice

Ruan Sousa

Zanite aprova fusão com Eve, que faz ‘carro voador’ da Embraer (EMBR3)

Ruan Sousa

Embraer (EMBR3): empresa anuncia conclusão de venda de fábricas em Portugal por US$ 172 mi

Ruan Sousa

Com explosão de pedidos de eVTOLs, Eve se prepara para entrar na bolsa

Leonardo Bruno

Embraer (EMBR3) vai reduzir alavancagem nos próximos trimestres

Ruan Sousa

Embraer reduz prejuízo, mas ainda tem prejuízo de R$ 428 milhões no 1T22

Leonardo Bruno