Guia do Investidor
eneva reservas gás
Notícias

Eneva celebra contrato com a Linhares Geração

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Eneva assinou um contrato para fornecimento de gás natural para a Linhares Geração utilizar na Usina Termelétrica Luiz Oscar Rodrigues de Melo, localizada em Linhares (ES).

Na terça-feira (11), a Eneva (ENEV3) celebrou contrato com a Linhares Geração para fornecimento de gás natural em modalidade 100% flexível para a Usina Termelétrica UTE Luiz Oscar Rodrigues de Melo (UTE LORM).

De acordo com informações, o contrato tem valor estimado de R$ 1,2 bilhão e considera duas parcelas, uma fixa, para remunerar a reserva de capacidade da Eneva, e uma variável, atrelada ao preço de referência do preço de gás natural liquefeito. 

No âmbito do contrato, a companhia poderá solicitar à Eneva uma quantidade de até 1,07 milhão de metros cúbicos de gás natural por dia e terá exclusividade no fornecimento do gás necessário para atendimento aos despachos da usina.

O suprimento será realizado a partir de gás natural liquefeito trazido da unidade flutuante de armazenamento e regaseificação que a Eneva possui no Sergipe, com capacidade de até 21 milhões de metros cúbicos por dia. Segundo a empresa, esse é o primeiro contrato de venda de gás flexível de longo prazo para um cliente termelétrico entre companhias privadas no Brasil

A usina comercializou 204 MW no produto potência no Leilão de Reserva de Capacidade realizado em 21 de dezembro de 2021, firmando contrato de reserva de capacidade para potência (CRCAP) pelo prazo de 15 anos, com entrega a partir de 1º de julho de 2026, quando se inicia o compromisso de suprimento de gás natural pela Eneva.

Leia mais  Ação da META despenca 10%: confira o resumo do dia

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Eneva registra prejuízo de R$ 60,9 mi no 1T24

A Eneva, companhia que atua com soluções em energia, exploração e produção de gás natural, reportou um prejuízo líquido de R$ 60,9 milhões no 1T24, revertendo seu lucro de R$ 222,9 milhões de um ano antes.

Leia mais  Eneva (ENEV3) arremata campo da Petrobras em disputa com 3R

O Ebitda foi de R$ 1,089 bilhão, registrando uma queda anual de 6,8%. Já a receita líquida somou R$ 2,004 bilhões no 1T24, obtendo uma redução de 18,5% na comparação com igual etapa de 2023.

As despesas operacionais somaram R$ 147,2 milhões, um crescimento de 2,5% em relação ao mesmo período de 2023 e o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 707,1 milhões no primeiro trimestre de 2024, uma elevação de 62,5% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2023. 

De acordo com relatório, a Eneva encerrou o 1Tcom alavancagem, medida pela relação de dívida líquida/Ebitda, nos últimos 12 meses de 4,1 vezes, 0,1 ponto percentual maior que o trimestre anterior, mas 0,5 p.p. abaixo de um ano antes.

Eneva registrou uma geração total de energia bruta de 1.609GWh

Eneva, empresa integrada de energia, com negócios complementares em geração de energia elétrica e exploração e produção de hidrocarbonetos no Brasil, divulgou o seu relance operacional do 1T24.

De acordo com informações, a empresa registrou uma geração total de energia bruta de 1.609 GWh no 1T24. A geração térmica total bruta foi de 1.201 GWh entre os meses de Janeiro e Março, obtendo um crescimento de 101,2% em relação ao observado em igual período do ano anterior. Já a geração do complexo Solar Futura 1 chegou a 405 GWh, ao passo que a produção de gás natural totalizou 0,26 bilhão de metros cúbicos e a Eneva encerrou o 1T24 com um total de reservas prováveis e provadas (2P) de gás natural de 47,4 bilhões de metros cúbicos.

Leia mais  Eneva (ENEV3) apresenta desempenho robusto no resultado do 3T21

No 1T24, a produção de gás natural da Eneva totalizou 0,26 bilhão de metros cúbicos (bcm), sendo 0,20 bcm no Complexo Parnaíba e 0,06 bcm na Bacia do Amazonas, no Campo de Azulão, direcionado ao suprimento da UTE Jaguatirica II. O aumento do volume de gás produzido no 1T24 frente ao 1T23 é resultado, da maior demanda por gás das termelétricas para geração em função do retorno do despacho regulatório nas usinas do Complexo Parnaíba e da melhoria da disponibilidade na UTE Jaguatirica II, ao nível de 99% no 1T24 versus 81% no 1T23.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Eneva fecha acordo de suprimento de gás com a Copergás

Paola Rocha Schwartz

Helbor e Tegra anunciam dados operacionais do 2T24: Confira o resumo do dia

Márcia Alves

Eneva anuncia aquisição de térmicas do BTG

Márcia Alves

Impacto da demissão de Prates na Bolsa e mais: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Eneva registra prejuízo de R$ 60,9 mi no 1T24

Márcia Alves

Big Techs impulsionam bolsa e inflação dos EUA: confira o resumo de hoje

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário