Guia do Investidor
ibovespa
Notícias

Fechamento semana: Veja o resumo e os principais destaques

O principal índice de da brasileira fechou próximo a estabilidade na última sexta-feira, caindo cerca de 0,15%. Dessa forma, descolando das Bolsas de Nova York que fecharam a semana com quatro dias consecutivos de queda. Mesmo assim, vale destacar que as recentes altas do Ibovespa foram interrompidas devido ao mais alto, a abertura da ponta longa da curva a queda do petróleo.

De acordo com o estrategista da RB Investimentos, Gustavo Cruz – como aponta o Infomoney – a Bolsa brasileira se apoiou nas falas de Paulo Guedes. O ministro da Economia falou recentemente em um evento do Fórum Econômico Mundial, na Suíça. De acordo com ele, o Brasil “tomou a dianteira na alta dos ”. Isto é, que o Brasil tomou a frente na luta contra a .

“Entendo que a fala do ministro ajudou a sustentar o Ibovespa. O discurso está em linha com o do Banco Central, de que o ajuste foi iniciado em 2021 de forma rápida. Isso deve abrir espaço no final do ano para avaliar uma normalização.”

disse o estrategista.

Confira o desempenho dos principais índices na última sexta-feira:

Leia mais  Petrobras (PETR4) pode arrecadar R$ 182 bilhões com desinvestimentos
ÍndicePaísVariação
IbovespaBrasil-0,15%
Dow JonesEstados Unidos-1,30%
S&P 500Estados Unidos-1,89%
NasdaqEstados Unidos-2,72%
FTSE 100Inglaterra-1,20%
DAXAlemanha-1,94%

Os destaques corporativos da semana

Além de falar do desempenho geral do mercado, é importante destacar alguns acontecimentos do mundo corporativo. Assim sendo, começamos com a Raízen (RAIZ4), que anunciou a criação de uma vice-presidência de estratégia, que terá como responsabilidade as áreas de Estratégia, Novos Negócios, M&A e Sustentabilidade. De acordo com a companhia a vice-presidência ficará sob o comando de Paula Kovarsky. Saiba mais aqui.

Além disso, a (PETR4) emitiu um comunicado ao mercado falando sobre o projeto de desinvestimento do Polo Potiguar. De acordo com a petrolífera estatal, a venda do conjunto de 22 concessões está em negociação com a 3R Petroleum. Conforme relembra a companhia, a 3R apresentou a melhor proposta pelo conjunto, de US$ 1 bilhão. Desse modo, a estatal reafirmou seu compromisso com “a ampla transparência de seus projetos de desinvestimento e de gestão de seu portfólio”. Saiba mais.

Leia mais  Cultura Inglesa anuncia rebranding para unificação da marca

A (ENAT3) também trouxe informações importantes na semana. De acordo com a companhia, a mesma concluiu o reparo na linha de produção do FPSO Petrojarl I no Campo de Atlanta. Ademais, a companhia informou que, devido a um curto de Covid-19 na unidade, foi necessário um lockdown e a troca da tripulação. Além disso, a Enauta informou que durante esse tempo, atividades de manutenção que já estavam previstas foram antecipadas.

“A empresa está cumprindo todos os protocolos e tomando todas as providências para preservar a saúde e a segurança das pessoas e prevê a retomada da produção na próxima semana.”

disse a Enauta em comunicado ao mercado. Confira-o na íntegra clicando aqui.

Em relação à (CSNA3), a mesma informou que sua controlada CSN Cimentos aprovou a emissão de 1,2 milhão de debêntures simples. Dessa forma, com valor unitário de R$ 1 mil, a oferta das debêntures não conversíveis em ações soma R$ 1,2 bilhão. De acordo com a companhia, a XP será a coordenadora líder da operação, com intermédio do banco suíço UBS.

Leia mais  Venda de combustível despencou devido aumento de preço e crise econômica, afirma ANP

Por fim, vale destacar que a Marfrig (MRFG3) informou que adquiriu a Sol Cuisine, empresa com capital aberto na de Toronto, Canadá. Contudo, a aquisição se deu por meio de subsidiária PlantPlus Foods. Além disso, a companhia concluiu também a aquisição da DEW – Drink Eat Wel, uma empresa de capital fechado dos Estados Unidos. Saiba mais clicando aqui.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Dólar e Ibovespa: os dois irmãos que não se bicam

Leonardo Bruno

Enauta (ENAT3) multiplica prejuízo por seis no 1T22

Ruan Sousa

Sem commodities de aliada, Ibovespa volta a perder para a inflação nesta quinta

Leonardo Bruno

Inflação e juros altos: a receita por trás das movimentações da bolsa hoje

Leonardo Bruno

Nova unidade de tratamento de diesel vai custar R$ 458 milhões para a Petrobras

Leonardo Bruno

Reajustes do diesel este ano podem elevar as tarifas de ônibus em 15,4%

Fernando Américo

Deixe seu comentário