Guia do Investidor
fertilizantes heringer eurochem
Notícias

Fertilizantes Heringer (FHER3) é comprada por multinacional Eurochem

A Eurochem, uma multinacional com sede na Suíça, acaba de adquirir a (FHER3), que estava em desde 2019. Dessa forma, para assumir o controle da companhia, a multinacional fabricante de insumos agrícolas está pagando R$ 554 milhões por 51,48% do capital social. De acordo com ela, é provável que haja uma operação para fechar o capital da Heringer.

A operação será feita por meio de tranches. Assim sendo, a primeira delas será o pagamento à vista de metade do valor. Ademais, 15% ficarão retidos para garantias dos ajustes de preço e 35% para garantias de indenizações que possam vir a ser pagas a compradores.

Além disso, a Eurochem informou que a trará boas sinergias, “melhorando a eficiência no transporte e logística dos produtos e reduzindo os custos para os , e, por consequência, uma maior rentabilidade”. Contudo, a multinacional não possui negócios só no – em termos de América Latina –, pois também opera na Argentina. Ademais, mantém suas principais unidades produtivas na Bélgica, Cazaquistão, Lituânia e Rússia. Está é a terceira aquisição que a Eurochem faz no Brasil nos últimos cinco anos. Isto é, em 2016 adquiriu a Fertilizantes Tocantins e há alguns meses comprou a Serra do Salitre.

Do ponto de vista da Heringer (FHER3), a transação vem no momento ideal. Isto é, em um momento em que a companhia sofre com a perda de vendas e com uma dívida superior a R$ 1 bilhão. Para ver a nos resultados basta traçar o histórico da receita dos últimos anos: em 2016 a receita foi de R$ 5,3 bilhões; em 2017 caiu para R$ 4,7 bilhões; para R$ 3,8 bilhões em 2018; e para R$ 1,1 bilhão em 2019. Contudo, no ano passado, houve uma leve recuperação, indo a R$ 2,2 bilhões.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Fertilizantes Heringer sai do vermelho e lucra R$ 128 milhões no 1T22

Leonardo Bruno

Hypera (HYPE3) assina acordo para compra de sociedade da Boehringer por R$ 190 milhões

Ruan Sousa

Fleury (FLRY3) conclui compra do Laboratório Marcelo Magalhães

Ruan Sousa

Hermes Pardini (PARD3) confirma de forma oficial que a compra de 60% do IACS foi aprovada

Ruan Sousa

Raízen (RAIZ4) finaliza aquisição do negócio de lubrificantes da Shell no Brasil

Ruan Sousa

Conselho do Atacadão, braço de atacarejo do Carrefour (CRFB3), aprova aquisição do Grupo Big

Ruan Sousa