Guia do Investidor
Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?
Guias

Fundos de Investimentos 2022: O que são e quais os melhores?

de podem ser uma boa opção para aqueles que não tem tempo de ficar vendos investimentos, mas o que são e quais são os melhores para 2022?

Confira!

O que são Fundos de Investimentos?

Os fundos de investimentos tem chamado bastante atenção dos ao passar do tempo, isso porque cada vez mais as pessoas buscam sair da renda fixa e ir para renda variável. Isso porque é mais uma alternativa de investir, buscando um mais rentável ou até mesmo diversificar os investimentos.

O objetivo de qualquer investimento é muito simples, obter rendimentos maiores que o valor aplicado.

Dessa maneira, são uma opção interessante que conseguem agradar diversos perfis de investidores. Isso acontece porque de um lado, funcionam de um modo simples e por isso, os especialistas de investimentos indicam essa categoria de investimentos para que não tem conhecimento.

Do outro lado, existem diversos fundos mais rebuscados para quem já têm experiência no mercado financeiro. O próprio nome destaca que os fundos de investimentos podem ser considerados como um fundo que pertence a inúmeros investidores usados para comprar títulos coletivamente enquanto cada investidor mantém a propriedade e o controle de suas próprias ações.

Um fundo de investimento fornece uma seleção mais ampla de oportunidades de investimento, maior expertise em gestão e taxas de investimento mais baixas do que os investidores podem obter por conta própria.

Os tipos de fundos de investimento incluem fundos mútuos, fundos negociados em bolsa, fundos de mercado monetário e fundos de hedge. Isso porque os investidores iniciantes tendem a não tomar decisões assertivas sobre como os investimentos.

Nesse sentido, surge os fundos de investimentos. Onde simplesmente escolhem um fundo com base em suas metas, riscos, taxas e outros fatores. Os fundos de investimento desempenham um papel crucial na facilitação do acúmulo de pessoal, seja para grandes investimentos ou para aposentadoria. No entanto, funciona um pouco diferente dos investimentos em ações.

Como funciona?

Quando você investe em um fundo, o de você e outros investidores é agrupado. Um gestor de fundos então compra, segura e vende investimentos em seu nome.

Todos os fundos são compostos por uma mistura de investimentos — é isso que diversifica ou espalha seu risco. Por exemplo, é provável que um fundo de ações do Brasil detenham um grande número de ações de um amplo conjunto de diferentes setores da indústria brasileira.

Os fundos normalmente consistem em um único tipo de ativo, geralmente ações ou títulos. Alguns, no entanto, são especializados em investimentos alternativos, como a propriedade comercial.

Mas existem carteiras que têm exposição a muitos tipos de ativos diferentes. Fundos multiativos, por exemplo, podem conter uma mistura de ações, títulos, propriedades, dinheiro, commodities e também outros fundos.

Uma das maiores vantagens dos fundos é a ampla gama de opções que eles trazem aos investidores. Essa escolha permite controlar o risco, diversificar-se em vários ativos diferentes e acessar inúmeros mercados e países diferentes. Desse modo, acredito que os fundos de investimentos são uma forma simples de fazer investimentos complexos.

É simples para você que está saindo do mundo da poupança, você delega seu dinheiro para um gestor profissional. Os gestores dos fundos possuem uma grande experiência e estratégias de investimentos avançadas.

Além disso, é provável que ele tenha uma equipe eficiente buscando informações do investimento todo o dia. Se você não trabalhar com isso, é provável que no dia da semana, você gaste seu tempo trabalhando e não analisando ações.

Cotas

Um fundo organizado sob a forma de condomínio e seu patrimônio é dividido em cotas, cujo valor é calculado diariamente por meio da divisão do patrimônio líquido pelo número de cotas do fundo.

O patrimônio líquido é calculado pela soma do valor de todos os títulos e do valor em caixa, menos as obrigações do fundo, inclusive aquelas relativas à sua administração.

Dessa maneira, as cotas podem ser categorizada como as frações do valor do patrimônio do fundo.

Exemplo: Um investidor aplica $2.000 em cotas de um fundo que, na data do investimento, possui um patrimônio líquido de $500.000 e 100.000 cotas.

A partir destas informações, é possível calcular, por exemplo, o valor da cota na data da aplicação: $500.000 / 100.000 = $5. O número de cotas adquiridas pelo investidor: $2.000 / $5 = 400.

Taxas

Como em qualquer negócio, administrar um fundo de investimentos envolve custos. Os fundos repassam esses custos aos investidores cobrando taxas e . Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

Dessa maneira, as taxas e despesas variam de fundo para fundo. Um fundo com custos elevados deve ter um desempenho melhor do que um fundo de baixo custo para gerar os mesmos retornos para você.

Leia mais  Suno Asset lança primeiro Fiagro em parceria com a Boa Safra Sementes

Mesmo pequenas diferenças nas taxas podem significar grandes diferenças nos retornos ao longo do tempo.

Por exemplo, se você investiu R$ 10.000 em um fundo com um retorno anual de 10% e despesas operacionais anuais de 1,5%, após 20 anos você teria cerca de R$ 49.725.

O retorno bruto de um fundo quando é reduzido pelo percentual de razão de despesas, que pode ser de até 3%. 

Historicamente, a maioria dos fundos de investimentos geram retornos de mercado se seguirem um fundo relativamente estável, como o benchmark do S&P 500. No entanto, taxas anuais excessivas podem fazer dos fundos de um investimento pouco atraente, já que os investidores podem gerar melhores retornos simplesmente investindo em títulos de mercado amplo ou fundos negociados em bolsa.

Se você investisse em um fundo com o mesmo desempenho e despesas de 0,5%, depois de 20 anos você acabaria com R$ 60.858.

Desse modo, leva apenas alguns minutos para usar uma calculadora de custos de fundos de investimentos para calcular como os custos de diferentes fundos investimentos se somam ao longo do tempo e comem em seus retornos.

Fundos de Investimentos: Diferenças

Os fundos de investimento podem ser organizados sob a forma de investimentos abertos ou fechados. Os fundos de investimento podem ser classificados com base em diferentes critérios.

Um desses critérios é sua estratégia de investimento, ou seja, o tipo de ativo em que o capital do fundo está sendo investido e o risco assumido pelo acionista ou acionista.

No entanto, existem outros tipos de fundos de investimento com negociação fora do padrão devido à sua forma legal, liquidez, tipo de ativos em que investem ou sua estratégia. Independentemente do tipo de fundo de investimento.

Você deve ter em mente que nenhum investimento em produtos financeiros está livre do risco de perda total ou parcial do seu capital, dependendo do risco do fundo. Os fundos de investimento dão às pessoas a chance de aplicar estratégias para investir em muitos mercados financeiros e ativos sempre que quiserem. Eles fornecem condições altamente flexíveis para resgate ou transferência de ativos, além de benefícios fiscais em muitas jurisdições.

O que é um fundo fechado?

Um fundo fechado é um tipo de fundo mútuo que emite um número fixo de ações através de uma única (IPO) para levantar capital para seus investimentos iniciais. Suas ações podem então ser compradas e vendidas em uma bolsa de valores, mas nenhuma nova ação será criada e nenhum dinheiro novo fluirá para o fundo.

Em contrapartida, um fundo aberto, como a maioria dos fundos mútuos e fundos negociados em bolsa (ETFs), aceita um fluxo constante de novos capitais de investimento. Emite novas ações e recompra suas próprias ações sob demanda.

Como muitos fundos mútuos, um fundo fechado tem um gestor profissional supervisionando o portfólio e comprando, vendendo e mantendo ativos ativamente.

Como qualquer ação ou ETF, suas ações flutuam de preço durante todo o dia de negociação. No entanto, a controladora do fundo fechado não emitirá ações adicionais, e o próprio fundo não comprará ações de volta.

Fundos fechados e fundos mútuos abertos têm muitas semelhanças. Isso porque ambos fazem distribuições de renda e ganhos de capital para seus acionistas. Desse modo, ambos também cobram uma taxa de despesa anual por seus serviços.

Fundos de Investimentos 2022 O que são

Além disso, as empresas que as oferecem devem estar sendo registradas na Comissão de Valores Mobiliária (CVM).

O que é um fundo aberto?

Um fundo open-end é uma carteira diversificada de dinheiro de investidores agrupados que pode emitir um número ilimitado de ações.

O patrocinador do fundo vende ações diretamente para investidores e as resgata também.

Os fundos abertos estão sendo normalmente constituídos para existir por tempo indeterminado, ao contrário dos fechados, que podem ter tempo determinado, ao final do qual os ativos são vendidos, os cotistas recebem o valor total de suas cotas e o fundo é encerrado, o que pode ocorrer também com os fundos abertos.

Dessa maneira, cada vez que o dinheiro está sendo investido, novas ações ou unidades são criadas para corresponder ao preço das ações vigente; cada vez que as ações têm resgaste, os ativos vendidos correspondem ao preço das ações predominante.

Dessa forma, não há oferta ou demanda criada para as ações e elas continuam a ser um reflexo direto dos ativos subjacentes. Os fundos de investimento unitário (UITs) podem emitidos ao público apenas uma vez quando criados. Os UITs geralmente têm um tempo de vida limitado, estabelecido na criação.

Leia mais  Grandes bancos só oferecem investimentos ruins, confira a lista

No entanto, os investidores podem resgatar ações diretamente com o fundo a qualquer momento (semelhante a um fundo open-end) ou esperar para resgatá-las após a rescisão do fundo. Além disso, eles podem vender suas ações no mercado aberto.

Entretanto, ao contrário de outros tipos de fundos mútuos, os fundos de investimento unitários não possuem um gestor profissional de investimentos. Sua carteira de títulos está sendo estabelecida na criação do UIT.

Vantagens

           Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?
Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

Uma das principais vantagens do investimento coletivo é a redução do risco de investimento (risco de capital) pela diversificação.

Um investimento em um único patrimônio pode fazer bem, mas pode entrar em colapso por investimentos ou outras razões (por exemplo, Marconi).

Se seu dinheiro for investido em uma exploração tão fracassada, você pode perder seu capital. Nesse sentido, ao investir em uma gama de ações (ou outros títulos) o risco de capital será reduzido.

  • Quanto mais diversificado seu capital, menor o risco de capital.

Entretanto, esse princípio de investimento é frequentemente referido como risco de disseminação.

Investimentos coletivos por sua natureza tendem a investir em uma gama de títulos individuais.

No entanto, se os títulos estiverem todos em um tipo semelhante de classe de ativos ou setor de mercado, então há um risco sistemático de que todas as ações possam ser afetadas por mudanças adversas no mercado.

Nesse sentido, para evitar esse risco sistemático, os gestores de investimento podem diversificar-se em diferentes classes de ativos não perfeitamente correlacionadas.

Por exemplo, os investidores podem deter seus ativos em partes iguais em ações e títulos de renda fixa.

Custos reduzidos de negociação

Se um investidor tivesse que comprar um grande número de investimentos diretos, o valor que essa pessoa seria capaz de investir em cada holding provavelmente seria pequeno.

Os custos de negociação são normalmente baseados no número e tamanho de cada transação, portanto, os custos globais de negociação tirariam uma grande parte do capital (afetando os futuros). Um investidor que opta por usar um fundo de investimento como forma de investir seu dinheiro não precisa gastar tanto tempo pessoal tomando decisões de investimento, fazendo pesquisas de investimento ou realizando negócios reais.

Em vez disso, essas ações e decisões serão feitas por um ou mais gestores de fundos que gerenciam o fundo de investimento.

Desvantagens

gestor do fundo que gerencia as decisões de investimento em nome dos investidores, naturalmente, esperará remuneração. Isso muitas vezes tirado diretamente dos ativos do fundo como uma porcentagem fixa a cada ano ou às vezes uma taxa variável (baseada em desempenho).

Contudo, se o investidor gerencia os próprios investimentos, os custos poderão minimizados.

Muitas vezes, o custo do conselho dado por um corretor de ações ou consultor financeiro está sendo incorporado no veículo.

Nesse sentido, embora esse custo diminua seus retornos, pode-se argumentar que ele reflete um separado por um serviço de aconselhamento, em vez de uma característica prejudicial dos veículos de investimento coletivo.

De fato, muitas vezes é possível comprar unidades ou ações diretamente dos provedores sem suportar esse custo.

No entanto, o investidor possa escolher o tipo de fundo para investir, ele não tem controle sobre a escolha de participações individuais que compõem o fundo. Se o investidor detém ações diretamente, ele tem o direito de participar da assembleia-geral anual da empresa e votar em assuntos importantes.

Além disso, os investidores têm um veículo de investimento coletivo muitas vezes não têm nenhum dos direitos ligados a investimentos individuais dentro do fundo.

Características

Objetivos de investimento e benchmarking cada fundo tem uma meta de investimento definida para descrever o mandato do gestor de investimentos. E ajudar os investidores a decidir se o fundo poderá se adequar para eles.

Os objetivos do investimento normalmente se enquadram nas amplas categorias de investimento em Renda (valor) ou investimento em crescimento. O investimento baseado em renda ou valor tende a selecionar ações com fluxos de renda fortes, muitas vezes negócios mais estabelecidos. O investimento em crescimento seleciona ações que tendem a reinvestir sua renda para gerar crescimento. Cada estratégia tem seus críticos e proponentes; alguns preferem uma abordagem de mistura usando aspectos de cada um.

Os fundos estão sendo frequentemente distinguidos por categorias baseadas em ativos como patrimônio, títulos, propriedades, etc.

Além disso, talvez os fundos mais comuns sejam divididos por seus mercados ou temas geográficos. Na maioria dos casos, qualquer que seja o objetivo do investimento, o gestor do fundo selecionará um índice ou combinação de índices apropriados para medir seu desempenho.

Isso se torna a referência para medir o sucesso ou o fracasso contra. Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

Gestão ativa ou passiva

              Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?
Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

O objetivo da maioria dos fundos será ganhar dinheiro investindo em ativos para obter um retorno real (ou seja, melhor que a inflação). Nesse sentido, a filosofia utilizada para gerenciar o investimento do fundo varia e existem duas visões opostas.

Gestão ativa — os gestores ativos buscam superar o mercado como um todo, mantendo títulos seletivamente de acordo com uma estratégia de investimento.

Leia mais  BNDES lucra R$ 6,7 bilhões em 2018

Portanto, eles empregam estratégias dinâmicas de portfólio, comprando e vendendo investimentos com condições de mercado em mudança, com base em sua crença de que determinadas participações individuais ou seções do mercado terão um desempenho melhor do que outras.

Gestão passiva — Os gestores passivos mantêm uma estratégia de carteira determinada no início do fundo e não variada posteriormente, visando minimizar os custos contínuos da manutenção da carteira.

No entanto, muitos fundos passivos são fundos de índice, que tentam replicar o desempenho de um índice de mercado por meio de títulos proporcionalmente ao seu valor no mercado como um todo.

Outro exemplo de gestão passiva é o método “comprar e segurar” utilizado por muitos fundos de investimento de unidades tradicionais onde a carteira é fixada desde o início. Além disso, alguns fundos utilizam uma estratégia de gestão híbrida de indexação aprimorada.

Na qual o gestor minimiza os custos seguindo amplamente uma estratégia de indexação passiva, mas tem a discrição de se desviar ativamente do índice na esperança de obter retornos maiores.

Riscos

           Fundos de Investimentos 2022: O que são e quais os melhores?
Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

O cálculo para dizer risco sobre os investimentos depende muito da natureza. Isso porque dependendo da natureza dos investimentos, o tipo de risco pode variar. Uma preocupação comum com qualquer investimento é que você pode perder o dinheiro que investe — seu capital.

Desse modo, muitas vezes referido como risco de capital. Se os ativos em que você investe estão sendo mantidos em outra moeda, há o risco de que os movimentos cambiais sozinhos possam afetar o valor.

Isso pode estar categorizado como risco cambial. Além disso, muitas formas de investimento podem não ser prontamente saláveis (liquidado) no mercado aberto (por exemplo, propriedade comercial) ou o mercado tem uma pequena capacidade e investimentos podem levar tempo para vender.

Isso porque os ativos que facilmente vendidos estão sendo denominados líquidos, portanto esse tipo de risco está sendo chamado de risco de liquidez.

Qual o melhor fundo de investimentos?

Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

Não há uma resposta simples para essa pergunta, porque depende de diversos fatores. No entanto, o que podemos destacar aqui que o melhor fundo de investimento (o que são) será sempre aquele que atende ao seu perfil de investidor.

Além disso, depende muito dos objetivos definidos para a aplicação. Ou seja, depende do que você pretende fazer com o dinheiro. Dessa maneira, não deixe de avaliar se o fundo se encaixa com o seu objetivo de investimento.

Contudo, os fundos de investimentos focados em ações normalmente tendem maior risco do que os imobiliários, embora, todos, em geral, ofereçam algum grau de risco. Outro detalhe importante que você como um investidor deve levar em consideração são a lâmina do fundo.

Se você não conhece isso, não tem problema, mas basicamente pode ser considerado como um documento que reúne os dados mais importantes, como a estratégia, mas também o histórico e outros dados pertinentes.

Desse modo, ao conseguir analisar a lâmina, você poderá entender como a gestão atua mais de perto, quais são os objetivos do fundo e como ele funciona em detalhes.

No entanto, o histórico passado não seja garantia de resultado futuro.

Contudo, pode ajudar a compreender o comportamento desse investimento.

Os objetivos do investimento normalmente se enquadram nas amplas categorias de investimento em Renda (valor) ou investimento em crescimento. O investimento baseado em renda ou valor tende a selecionar ações com fluxos de renda fortes, muitas vezes negócios mais estabelecidos. O investimento em crescimento seleciona ações que tendem a reinvestir sua renda para gerar crescimento.

Cada estratégia tem seus críticos e proponentes; alguns preferem uma abordagem de mistura usando aspectos de cada um.

Os fundos estão sendo frequentemente distinguidos por categorias baseadas em ativos, como patrimônio, títulos, etc.

Outros fundos

Além do acima, existem outros tipos de fundos de investimento com negociação fora do padrão devido à sua forma legal, liquidez, tipo de ativos em que investem ou sua estratégia. Alguns dos aspectos das regulamentações que regem os fundos não se aplicam a eles e, como consequência, seu risco associado é maior. Fundos de Investimentos 2022 O que são e quais os melhores?

Isso porque incluem ETFs (fundos negociados em bolsa), fundos de hedge (fundos de investimento gratuitos), fundos de fundos e fundos imobiliários. O conteúdo é muito amplo e diverso, contudo, não há uma opção de investimento perfeito.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as notícias mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Fundos de investimento têm resgates líquidos de R$ 18,1 bilhões na primeira semana de maio

Autor Convidado

Compra e venda de empresas saltaram 20,7% no primeiro trimestre de 2022 diz Santis

Autor Convidado

Entenda como funcionam os Fundos de Investimentos Multimercados

Autor Convidado

Recordes de Venture Capital e Private Equity alteram a dinâmica da liderança dos negócios

Guia do Investidor

Investimentos dos brasileiros em títulos e valores mobiliários batem recorde e superam R$ 2 trilhões

Fernando Américo

Fundos de ações e multimercados têm resgates líquidos de R$ 14 bilhões em abril

Fernando Américo

Deixe seu comentário