Guia do Investidor
Gafisa reproducao
Notícias

Gafisa (GFSA3) obtém aval do Cade para aquisição da Construtora São José

A Superintendência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a pela construtora (GFSA3) da Construtora São José Desenvolvimento Imobiliário.

Assim sendo, a compradora tem sede em São Paulo. Ou seja, enquanto a vendedora possui um fundo de investimento imobiliário sobre empreendimentos residenciais localizados nos municípios de Campinas, São Bernardo do Campo e na capital daquele estado.

Diante disso, para a Gafisa, a operação está alinhada com o seu plano de atuação e representa uma boa oportunidade de negócios. Ou seja, propiciando o aprimoramento de suas atividades e um interessante potencial para geração de valor e posicionamento estratégico.

Por sua vez, para as empresas vendedoras, essa operação representa uma boa oportunidade de negócios.

Assim, o Cade verificou que esse negócio não deverá dificultar as atuações de outras empresas neste setor, pois ele envolve menos de 20% dos valores obtidos nas vendas.

Logo, foi dado aval ao negócio.

Gafisa (): lucro do 1T22 contrai, na base anual; Ebitda triplica

A Gafisa (GFSA3) divulgou no primeiro trimestre de 2022 lucro líquido de R$ 115 mil. Isto é, uma queda significativa em comparação aos R$ 12,967 milhões conseguidos no 1T21.

Leia mais  Gafisa (GFSA3) protocola no Cade o processo de aquisição da Bait

Ademais, o Ebitda ajustado, por outro lado, mais do triplicou. Isto é, para R$ 59,948 milhões, contra os R$ 19,199 milhões, uma alta de 212%. Assim, a margem Ebitda ajustado avançou 19,4 pontos percentuais, para 30,7%.

Dessa maneira, a Gafisa ressalta que o resultado reflete a melhora do desempenho operacional. Isto é, por conta do processo de reestruturação da companhia.

Diante disso, a receita líquida saltou 15%, para R$ 195,298 milhões, em comparação aos R$ 170,132 milhões do 1T21.

Nesse sentido, as vendas brutas chegaram a R$ 247,203 milhões no trimestre, um crescimento de 52%, na base anual.

Ademais, as vendas líquidas ficaram em R$ 233,463 milhões, alta de 81% na comparação com 1T21. Por outro lado, a velocidade de vendas (VSO, Venda Sobre Oferta) caiu 0,2 ponto percentual, para 11,5%.

Nos últimos 12 meses, a Gafisa lançou nove empreendimentos, totalizando R$ 1,74 bilhão de Valor Geral de Vendas (VGV).

Já os distratos recuaram 59%, para R$ 13,740 milhões.

Leia mais  Bancos poderão distribuir mais dividendos em 2021

Logo, o banco de terrenos fechou o trimestre com o VGV potencial de R$ 11,303 bilhões, ou 11.856 unidades, a maior parte em São Paulo e Rio de Janeiro.

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Gafisa (GFSA3) protocola no Cade o processo de aquisição da Bait

Ruan Sousa

Gafisa (GFSA3) pede aprovação do Cade para aquisição da Construtora São José

Ruan Sousa

Gafisa (GFSA3): lucro do 1T22 contrai, na base anual; Ebitda triplica

Ruan Sousa

Gafisa (GFSA3): empresa registra vendas líquidas de R$ 233,5 milhões no 1TRI

Ruan Sousa

Vendas líquidas da Gafisa crescem 81% no 1T22 e atingem R$ 233,5 milhões

Diego Marques

Gafisa (GFSA3) sela acordo para aquisição da incorporadora Bait

Ruan Sousa

Deixe seu comentário