Guia do Investidor
18117256 304
Notícias

Gestora internacional reduz participação na Cogna (COGN3)

O pregão desta quinta-feira está bastante agitado para os fundos de investimentos, e a mais nova companhia a “sofrer” com as mudanças dos fundos de gestão é a  (COGN3). A empresa anunciou nesta manhã que a , uma das principais gestoras de ativos do mercado americano, está reduzindo sua participação no capital social da empresa! Confira agora mais detalhes!

Assim, a informou hoje ao mercado que recebeu um comunicado da BlackRock informando sobre a redução de sua participação na companhia para 4,96% do total de ações, totalizando 93.102.673 papéis ordinários.

Além disso, a gestora de ativos informou que detém 20.982.131 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias da Cogna com liquidação financeira, representando aproximadamente 1,11% do total de ações ordinárias.

Resultado da Cogna no 2T21

Cogna apresentou um prejuízo líquido de R$ 92,9 milhões no 2T21, uma redução no prejuízo de -79,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Confira os principais destaques dos resultados da Cogna do segundo trimestre de 2021.

Leia mais  Um pouco de tudo: Ações, Small Caps e BDRs para Janeiro
Desempenho Financeiro (R$ MM)2T212T20Var. %
Lucro Líquido-92,9-454,7-79,6%
Margem EBITDA25,3%8,8%16,5 p.p.
Margem Bruta65,5%64,9%0,6 p.p.
Margem Líquida-8,1%-37,2%29,1 p.p.
Fonte: RI da Companhia.

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Fitch atualiza rating da Cogna (COGN3) e das suas subsidiárias

Ruan Sousa

BlackRock reduz participação na Metalúrgica Gerdau (GOAU4)

Ruan Sousa

Cogna “se recupera” do Covid e volta a apresentar crescimento após 3 anos

Leonardo Bruno

Cogna (COGN3): lucro dispara 58,7% no 1T22 e reverte o prejuízo do último trimestre

Ruan Sousa

Ibovespa em queda livre em meio a tensão pré-eleições; Confira os destaques da bolsa

Leonardo Bruno

Inflação americana dispara e serviços caem no Brasil: a receita por trás da Ibovespa hoje

Leonardo Bruno