Guia do Investidor
1024
Agência Brasil Internacional Notícias

Homens armados matam 8 e sequestram 38 em igrejas na Nigéria

Homens armados mataram oito pessoas e sequestraram outras 38 em um ataque contra igrejas, no Estado de Kaduna, no norte da Nigéria, no último domingo, afirmou uma autoridade da Associação Cristã da Nigéria (CAN, na sigla em inglês) nesta segunda-feira, semanas depois de um ataque letal similar no sudoeste do país.

O ataque aconteceu durante o culto matinal em duas igrejas, uma católica e outra batista, no domingo, disse o reverendo Danlami Gajere, presidente da Associação para Kasuwan Magani no Estado de Kaduna, à Reuters, pelo telefone.

O porta-voz da polícia estadual e o comissário de Kaduna para interna não responderam em um primeiro momento ao pedido por comentários.

Duas semanas atrás, homens armados com rifles AK-47 e explosivos atacaram a Igreja Católica St. Francis na cidade de Owo, matando 40 pessoas. O suspeita do grupo rebelde Estado Islâmico da Província da África Ocidental (ISWAP). Mas o ISWAP não reivindicou responsabilidade pelo ataque.

Gangues armadas são abundantes no noroeste da Nigéria, onde roubam e sequestram pedindo resgates, e a violência tem aumentado, com forças de segurança sobrecarregadas muitas vezes não conseguindo impedir os ataques.

Leia mais  IBGE estima safra recorde de 261,5 milhões de toneladas em 2022

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Fonte: Agência Brasil

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Correntistas do BB (BBAS3) ganham nova funcionalidade pelo WhatsApp

Agência Brasil

Aneel realizá leilão que prevê até R$ 15,3 bilhões em investimentos

Agência Brasil

Desaceleração em 2022 com quedas nos valuations e menos aportes é um ajuste necessário, mas não uma catástrofe, apontam investidores

Guia do Investidor

Painel Telebrasil discutirá 5G, internet 3,0 e sustentabilidade

Agência Brasil

Prévia da inflação oficial é de 0,69% em junho

Agência Brasil

Reajustes salariais por negociações, em junho, chegam a 12%

Agência Brasil

Deixe seu comentário