Guia do Investidor
Arte: GDI
Notícias

Ibovespa fecha em queda e Dólar fecha acima de R$ 5,40

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • Dólar fecha em alta acima de R$ 5,40, impulsionado por preocupações internas.
  • Investidores demonstram inquietação com a perda de capital político do ministro da Fazenda e a tensão entre governo e Congresso.
  • Descolamento da moeda brasileira do cenário global, apesar de indicadores favoráveis nos EUA.
  • Dólar à vista encerra com alta de 0,84%, atingindo maior valor desde janeiro de 2023.
  • Aversão ao risco interna impede queda do dólar, mesmo com baixa das taxas dos Treasuries nos EUA.
  • Incerteza política e falta de medidas concretas para conter gastos públicos contribuem para volatilidade do mercado cambial.

O dólar encerrou em alta nesta quarta-feira, 11 de junho, ultrapassando a marca de R$ 5,40, em meio a preocupações com o cenário interno do país. Mesmo com sinais de baixa da moeda americana no exterior, questões políticas e econômicas locais ditaram o rumo do mercado cambial.

Leia mais  Lula critica privatização da Eletrobras e promete lutar por revisão

Investidores demonstraram crescente preocupação com a perda de capital político do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e com a relação cada vez mais tensa entre o governo e o Congresso. Essa inquietação foi exacerbada pela devolução da Medida Provisória do crédito PIS/Cofins pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e pela falta de consenso sobre medidas de controle de gastos.

Apesar das declarações do presidente Lula sobre a busca pelo equilíbrio fiscal, descartando a pauta de controle de gastos em um momento crucial, o mercado não encontrou clareza nas políticas econômicas do governo. Isso resultou em um descolamento da moeda brasileira do cenário global, mesmo após indicadores favoráveis nos Estados Unidos.

O dólar à vista encerrou com alta de 0,84%, atingindo R$ 5,4062, o maior valor desde janeiro de 2023. O contrato de dólar futuro para julho também registrou um movimento expressivo, sugerindo mudanças relevantes no posicionamento dos investidores.

O aumento da aversão ao risco, motivado por fatores internos, impediu que o dólar acompanhasse a baixa das taxas dos Treasuries nos EUA, após dados benignos de inflação. A falta de medidas concretas para aumentar a arrecadação e conter os gastos públicos, aliada à incerteza política, contribuiu para a volatilidade do mercado cambial.

Confira o fechamento do pregão desta quarta-feira:

  • Ibovespa: 119.936,02 (-1,40%)
  • S&P 500: 5.420,96 (+0,85%)
  • Nasdaq: 17.608,44 (+1,53%)
  • Dow Jones: 38.712,21 (-0,09%)
  • Dólar: R$ 5,40 (+0,86%)
  • Euro: R$ 5,84 (+1,46%)
Leia mais  Lula vai cortar dedução de saúde no IR? Entenda

Mais Negociadas

COGN3.SA-7,14%R$ 1,69
BBDC4.SA-1,86%R$ 12,69
HAPV3.SA-3,07%R$ 3,79
B3SA3.SA-1,42%R$ 10,40
PETR4.SA-2,41%R$ 35,82
Fonte: Google Finanças

Maiores Altas

EMBR3.SA+2,99%R$ 39,97
MRVE3.SA+1,02%R$ 6,92
KLBN11.SA+0,84%R$ 20,51
WEGE3.SA+0,71%R$ 38,07
GGBR4.SA+0,7%R$ 17,37
Fonte: Google Finanças

Maiores Baixas

MGLU3.SA-7,96%R$ 11,45
COGN3.SA-7,14%R$ 1,69
CASH3.SA-6,99%R$ 5,81
DXCO3.SA-4,48%R$ 6,63
LWSA3.SA-4,42%R$ 4,12
Fonte Google Finanças


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  China dá trégua aos EUA na guerra comercial

Leia mais

Desistência de Biden agita mercado e aumenta a incerteza

Paola Rocha Schwartz

Após enxurrada de memes, Lula fala sobre regulação “urgente das redes”

Márcia Alves

Ex-diretor da Petrobras nomeado por Lula é condenado a 98 anos de prisão

Márcia Alves

Lula coloca sigilo de 100 anos para Ministro que teve patrimônio multiplicado por 30

Fernando Américo

Dólar dispara e atinge os R$ 5,56 com preocupações fiscais

Paola Rocha Schwartz

Dólar sobe após falas de Lula: “Povo pobre não compra dólar”

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário