Guia do Investidor
Arte: GDI
Notícias

Ibovespa fecha em queda e nova data do leilão de arroz: confira o resumo do dia

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

STF determina correção do FGTS pela inflação oficial no país

A Advocacia-Geral da União (AGU) negociou a proposta com centrais sindicais, resultando na decisão. A ação julgada, movida pelo partido Solidariedade, contestava a remuneração dos depósitos do FGTS a 3% ao ano mais a Taxa Referencial (TR), que, desde 1999, tem rendido quase nada, insuficiente para manter o poder de compra dos trabalhadores.

Após um acordo com centrais sindicais, a União defendeu que as contas vinculadas do FGTS continuem sendo remuneradas de forma a garantir, no mínimo, o IPCA, a partir da decisão do STF. Segundo a proposta, o Conselho Curador do Fundo definirá a forma de compensação se a remuneração das contas do FGTS não atingir o IPCA.

Durante o julgamento, que se encerrou nesta quarta-feira, os ministros apresentaram três posições diferentes. Os ministros chegaram a um acordo para equalizar as opiniões divergentes, resultando na aprovação da proposta de correção pelo IPCA.

Tesla dispara com sinalização de Musk sobre pagamento bilionário

As ações da Tesla registraram forte alta no pré-market do mercado americano nesta quinta-feira (13). Isto, após Elon Musk anunciar que os acionistas votaram “por ampla margem” a favor de seu pacote de remuneração bilionário. E, ainda, da mudança corporativa da empresa de Delaware para o Texas.

O CEO compartilhou os resultados da votação no X (antigo Twitter), compartilhando, dessa forma, dois gráficos que sugeriam a aprovação das propostas. As ações da Tesla dispararam até 7,2% antes do início das negociações regulares.

Musk e o conselho de administração da Tesla dedicaram os últimos dois meses a obter apoio para as medidas, com especial ênfase no acordo salarial que tornou Musk elegível para receber até US$ 55,8 bilhões em opções de ações, sujeito ao cumprimento de determinadas metas na empresa. Uma decisão judicial em Delaware anulou a sentença no início deste ano, apontando conflitos de interesse entre os diretores da Tesla e falhas de divulgação.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

PetroRecôncavo (RECV3) anuncia data para pagamento de JCP

A PetroReconcavo (RECV3), uma das principais empresas do setor de petróleo e gás do Brasil, anunciou na última quarta-feira (12), a data em que realizará o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP). Este, no valor bruto de R$ 410 milhões.

Leia mais  Ibovespa volta a cair com desconfiança global nesta 2ªF

O conselho de administração aprovou o pagamento em 29 de maio, e a empresa o efetuará em 17 de junho de 2024.

O valor total bruto que a Companhia pagará é de R$ 1,398827 por ação ordinária. Os acionistas que estavam registrados nos livros da companhia até 5 de junho de 2024 terão direito a este pagamento. A partir de 6 de junho de 2024, as ações iniciaram a negociação “ex-juros”.

Real cai 9,5% só em 2024, devido a preocupações com risco fiscal

real figurou entre as dez moedas que mais se desvalorizaram em relação ao dólar em 2024. Isto, de acordo com um levantamento divulgado nesta quarta-feira (12), pela agência classificadora de risco Austin Rating. Ainda, com base em dados do Banco Central do Brasil (BC).

A moeda brasileira ocupou a 7ª posição entre as que mais perderam valor este ano.

Desde 1994, o real registra uma queda de 9,5% no ano até o fechamento dos mercados na terça-feira (11). As preocupações com o cenário fiscal brasileiro têm sido um dos principais fatores dessa desvalorização. Em um dia marcado pela divulgação do IPCA de maio, que veio abaixo das expectativas, o dólar à vista encerrou a terça-feira cotado a R$ 5,35.

Produtora de filiado ao PT captou R$ 3 milhões da Petrobras

Uma produtora administrada por membros do Partido dos Trabalhadores (PT) foi responsável pela organização da celebração do Dia do Trabalho em São Paulo. O evento recebeu críticas públicas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a Veredas Gestão Cultural, situada no Rio de Janeiro e com um capital social de R$ 15 mil, conseguiu captar R$ 3 milhões da Petrobras para financiar os shows realizados. Incluindo, ainda, um ato promovido por centrais sindicais na Neo Química Arena.

A Veredas Gestão Cultural obteve incentivo por meio da Lei Rouanet para realizar um grande show na capital paulista. Este, apresentando “sambistas de renome internacional” e espetáculos regionais em outras 19 cidades do Estado.

Entre os artistas listados para as apresentações estavam Paulinho da Viola, Diogo Nogueira, Maria Rita, Quintal do Pagodinho e Lauana Prado. Contando, ainda, com a participação especial da Escola de Samba Mocidade Alegre.

Alupar anuncia arremate em leilão para 02 novos projetos no Peru

Na última terça-feira (11), A Alupar (ALUP11), holding de controle nacional privado, anunciou que sua controlada Alupar Peru, venceu 02 projetos do concurso público correspondente ao segundo processo de reatribuição de projetos de transmissão realizado no Peru.

De acordo com informações, somados, os projetos totalizam investimentos estimados em US$ 19,6 milhões, com RAP total de US$ 3,2 milhões, o que equivale a uma relação RAP/CAPEX média de 16,3%. A Receita Anual Permitida (RAP) é a remuneração que as transmissoras recebem pela prestação do serviço público de transmissão aos usuários.

Rede D’Or anuncia programa de recompra de ações

O conselho de administração da Rede D’Or aprovou na última terça-feira (11), um programa de recompra de ações.

Segundo informações, a quantidade de ações a serem adquiridas estará limitada a 30 milhões de ações ordinárias, que, em conjunto com as ações já mantidas em tesouraria, representa menos de 10% do total de ações em circulação no mercado em 11 de junho de 2024.

Leia mais  Em dia de correção, Ibovespa perde 2,38% nesta segunda-feira

A companhia informou que, a efetiva recompra do número total de ações aprovada dependerá, dentre outros aspectos, do número de ações em tesouraria no momento da negociação e o saldo das reservas disponíveis. A administração limitará o valor total a ser objeto do programa de recompra de ações a até R$ 1 bilhão de reais.

Vale apresenta nova proposta para acordo sobre Mariana

Na quarta-feira (12), a Vale, junto com a BHP Samarcoapresentou uma nova proposta de acordo relacionada ao rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana – Minas Gerais, e informou que o valor financeiro da nova proposta, considerando obrigações passadas e futuras, totaliza R$ 140 bilhões.

“Os valores da Nova Proposta são para 100%, o que inclui uma contribuição de 50% da BHP Brasil e da Vale como devedores secundários, caso a Samarco não possa financiar como devedor primário”, informou a mineradora.

Segundo informações, o  valor inclui R$ 37 bilhões já investidos em reparação e compensação, um pagamento de R$ 82 bilhões pagável em 20 anos ao governo federal, aos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo e aos municípios, e R$ 21 bilhões em obrigações a fazer.

“Como um dos acionistas da Samarco, a Vale reafirma seu compromisso com ações de reparação e compensação relacionadas ao rompimento da barragem de Fundão da Samarco, e a nova proposta é um esforço para chegar a uma resolução mutuamente benéfica para todas as partes, especialmente para as pessoas, comunidades e meio ambiente impactados, ao mesmo tempo que cria definição e segurança jurídica para as companhias”, diz a mineradora.

A Vale, BHP e Samarco, estão em uma mediação conduzida pelo Tribunal Regional Federal da 6ª Região, com os Governos Estadual e Federal e outras entidades públicas. As partes buscam a liquidação definitiva das obrigações previstas no Termo de Compromisso (TTAC), na demanda judicial do Ministério Público Federal e em outras ações judiciais de entidades governamentais relacionadas ao rompimento da barragem da Samarco.

Após suspeitas de fraude, leilão de arroz tem nova data

O ministro Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário), informou que o governo do presidente Lula pretende publicar um edital de novo leilão de importação de arroz em dez dias. O certame anterior foi cancelado na última terça-feira (11) após indícios de falta de capacidade técnica e irregularidades.

Segundo informações, a Polícia Federal (PF) vai investigar se houve fraude no leilão aberto pelo governo federal para a compra de arroz. Integrantes do governo que acompanham as discussões veem com ceticismo o prazo estipulado pelo ministro. A expectativa mais conservadora é de que o próximo certame seja realizado no máximo em 60 dias.

O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto, emitiu nota afirmando que determinou à Corregedoria-Geral da estatal a imediata abertura de processo de averiguação de todos os fatos envolvendo o leilão para a compra de arroz beneficiado importado.

Petrobras explora novos poços no pré-sal em 2025

Petrobras revelou planos para explorar novos poços no pré-sal da bacia de Campos a partir do próximo ano. O gerente-geral da Unidade de Negócios da Petrobras na bacia de Campos, Alex Murteira Celem, anunciou a novidade durante o evento Macaé Energy 2024, destacando a importância estratégica desses poços para o futuro da bacia.

Celem informou que a exploração inicial envolverá três blocos adquiridos pela companhia: Forno, Água Marinha e Norte de Bravo. A perfuração do primeiro poço exploratório em águas marinhas no pré-sal da bacia de Campos está prevista para o primeiro semestre de 2025.

Rio Grande do Sul produzirá 69,3% do arroz nacional em 2024, estima IBGE

Rio Grande do Sul será responsável por 69,3% da produção de arroz do Brasil em 2024, de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola divulgado nesta quinta-feira (13) pelo IBGE. A produção nacional do cereal está estimada em 10,5 milhões de toneladas, sendo que 7,3 milhões de toneladas virão do Rio Grande do Sul, um aumento de 2,6% em relação ao ano anterior.

Leia mais  Como comprar na Shein: veja o passo-a-passo nesse tutorial

Apesar do aumento de 7,1% na área colhida, as condições climáticas desfavoráveis, como excesso de chuvas e maior nebulosidade, prejudicaram a produtividade, que deve cair 4,3%.

“As chuvas excessivas e a nebulosidade comprometeram o desempenho das lavouras”afirmou o IBGE em nota.

Os recentes aumentos no preço do arroz incentivaram a expansão das áreas de plantio, o que não ocorria há anos, devido à migração dos rizicultores para o cultivo de milho e soja, considerados mais rentáveis. No entanto, as fortes chuvas no final de abril afetaram negativamente as previsões de produção. Em comparação com o relatório anterior, a estimativa de produção caiu 1,6%, com uma redução de 0,9% na área colhida e 0,7% no rendimento médio.

Carlos Alfredo Guedes, gerente da pesquisa do IBGE, destacou que as perdas nas culturas do Rio Grande do Sul ainda estão sendo avaliadas, pois as obstruções nas estradas dificultaram o levantamento completo em todos os municípios afetados.

Senado argentino aprova reformas de Milei após debates intensos

Na noite de quarta-feira, o Senado argentino aprovou por uma margem estreita as reformas propostas pelo presidente Javier Milei, marcando um ponto crucial na agenda econômica do governo. As medidas, projetadas para impulsionar a austeridade e revitalizar a economia combalida do país, foram recebidas com protestos intensos nas proximidades do Parlamento.

O pacote legislativo, que também inclui um novo conjunto de políticas fiscais, enfrentou um longo e acalorado debate no Senado, onde foram necessárias negociações intensas para garantir sua aprovação. Embora tenha sido um passo significativo para Milei, o processo não ocorreu sem custos: várias partes das propostas originais tiveram que ser modificadas ou retiradas para assegurar o apoio necessário.

Os principais pontos de controvérsia incluíram a privatização de estatais estratégicas, como a companhia aérea nacional e o serviço postal, que foram removidas do texto final em resposta às preocupações de diversos setores da sociedade argentina.

Shein aumenta preços antes da IPO para impulsionar receitas

Shein, famosa por sua moda acessível e fabricação principalmente na China, implementou aumentos significativos de preços em seus produtos principais antes de sua planejada oferta pública inicial (IPO). Os dados da empresa de pesquisa EDITED revelaram que a varejista elevou os preços em mais de um terço em alguns itens chave.

Nos Estados Unidos, maior mercado da Shein em termos de vendas, o preço médio de vestidos femininos aumentou em impressionantes 28% no último ano, atingindo uma média de US$ 28,51 por peça até 1º de junho. Embora ainda inferior aos preços praticados por concorrentes como H&M (US$ 40,97) e Zara (US$ 79,69), a Shein está se aproximando de seus rivais com esses aumentos significativos.

Na Europa, os preços também subiram. No Reino Unido, por exemplo, o preço médio de vestidos aumentou em 15% em comparação ao ano anterior, enquanto em outros grandes mercados europeus como FrançaAlemanhaItália e Espanha, o aumento médio foi de 36%.

Especialistas interpretam esses aumentos como uma estratégia para impulsionar as receitas da Shein antes de seu IPO planejado, permitindo à empresa demonstrar um crescimento robusto aos potenciais investidores. Erik Lautier, especialista em comércio eletrônico da consultoria AlixPartners, observa que este impulso pode ser particularmente vantajoso para os planos de IPO da empresa.

Ibovespa fecha em queda de 0,31% após dia de volatilidade

O índice Ibovespa encerrou esta quinta-feira (13) com uma queda de 0,31%, alcançando os 119.567,53 pontos, em um dia marcado por oscilações significativas no mercado financeiro brasileiro.

Durante a sessão, o Ibovespa lutou para se manter próximo aos 120 mil pontos, enfrentando um cenário de incerteza fiscal no país. As dúvidas sobre a capacidade do governo em cumprir suas metas fiscais foram intensificadas por mudanças recentes e pela dificuldade na aprovação de medidas para aumentar a arrecadação no Congresso Nacional.

Entre os destaques negativos do dia, a ação da B3SA3 teve a maior queda, registrando um recuo de 2,5% ao final do pregão. Em termos de volume de negociações, PETR4 liderou, seguida por VALE3 e B3SA3.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa abre em alta com principais ativos em ganhos curtos

Paola Rocha Schwartz

Vale e BHP firmam acordo sobre reclamações no Reino Unido e Holanda

Márcia Alves

Ibovespa inicia com alta com maioria dos ativos em ganhos

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em alta significativa, registrando amplos ganhos

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em alta impulsionado por Petrobras e Bancos

Paola Rocha Schwartz

Vale resgata US$ 500 mi em títulos com vencimento em 2036

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário