Ibovespa nos 125 mil pontos? É o que a XP aposta

Ibovespa nos 125 mil pontos? É o que a XP aposta

20 de março de 2019 1 Por Diego Dias

Após bater os 100 mil pontos na última segunda-feira (18), a XP Investimentos acredita em mais um recorde. Para esta quarta-feira (20), a expectativa é de que já se supere tal marca.

Se 100 mil pontos pareciam uma marca excelente a ser alcançada, imagine 125 mil pontos? Pois é exatamente a perspectiva da XP Investimentos para a Ibovespa em 2019, que deve dar passos ainda mais largos.

Isso tudo se deve, segundo a corretora, às mudanças ocorridas no cenário político econômico do país. Com toda essa movimentação ocorrendo por ações do executivo, a perspectiva de crescimento da economia para 2019 é de 2%.

Além disso, outros fatores estão sendo determinantes para o alcance de todas essas marcas, jamais vistas pela economia nacional. Entre elas, a Reforma na Previdência é a que mais tem trazido esperanças aos investidores.

Com grande possibilidade de ser aprovada pelo governo ainda no primeiro semestre, o liberalismo econômico deve alçar voos ainda maiores. Atualmente, a Ibovespa possui um índice de negociação histórico de 12,5 vezes o P/L.

Além da reforma na previdência, os analistas ainda tomam por base países que aderiram a governos com propostas reformistas. Como foi o caso da Índia, que com a mudança saltou de 14 vezes o P/L para 16 vezes.

Visita aos EUA

Outros fatores também serão determinantes para atingir a marca de 125 mil pontos na Ibovespa. Como o fato de Jair Bolsonaro estar desde o último sábado (17) em visita ao presidente Donald Trump nos EUA.

As negociações ocorreram na tarde da última terça-feira (19), a portas fechadas. Logo, a ansiedade toma conta da economia brasileira, que acredita obter um grande aliado ao desenvolvimento. Confira os motivos da visita:

  • OCDE: Segundo Paulo Guedes, Ministro da Economia, a prioridade é que o Brasil seja inserido na OCDE, que atrairia investimentos estrangeiros. Entretanto, os EUA exigem que o Brasil saia da OMC.
  • Venezuela: Os dois países também pretendem se juntar para tratar do caso Venezuela.
  • OTAN: Ante ao problema venezuelano, Trump apoia o ingresso do Brasil na OTAN.
  • Visto: O presidente brasileiro assinou decreto dispensando visto dos visitantes oriundos dos países EUA, Japão, Canadá e Austrália. Assim com a intenção de reforçar o turismo nacional e gerar mais empregos.
  • Base de Alcântara: os países celebraram o acordo de salvaguardas tecnológicas, ou AST. Tal acordo que permite que os EUA utilizem o centro de lançamento no Maranhã ainda deve passar pelo Congresso.
  • Livre-comércio Brasil x México: antes da visita à Trump, Bolsonaro pactua o livre-comércio de veículos com o México. Assim os países poderão importar e exportar veículos e peças, sem empecilhos.

Com tal determinação, quebram-se as barreiras comerciais como por exemplo os impostos de importação. Então há um temor de que as montadoras prefiram investir no México, devido ao baixo custo.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/