Guia do Investidor
Bolsa
Notícias

Ibovespa perto do “zero a zero” e Méliuz em disparada: confira os “agitos” da bolsa nesta sexta-feira

O principal indicador do brasileiro opera próximo ao “zero a zero” nesta sexta-feira após operar com durante as primeiras horas da tarde.

O Ibovespa opera em alta de 0,54%, aos 96.638 pontos, em valor próximo ao registrado na do pregão.

image 141

No cenário doméstico, o índice da B3 sobe amparado pela ligeira alta em PETR3 e PETR4 e siderúrgicas, a despeito da queda do minério hoje e do PIB do 2TRI bem abaixo do esperado na China. Produção industrial e varejo chineses, contudo, deram mostras de recuperação em junho. VALE3 oscila perto da estabilidade. No câmbio, o dólar acompanha a queda lá fora (DXY -0,46%, a 108,048), mas voltou a superar os R$ 5,40 (-0,58%, a R$ 5,4018). Os juros dos Treasuries caem, com exceção da T-note de 2 anos, e aqui há ligeira queda nas pontas curta e intermediária dos DIs, enquanto a mais longa oscila em torno da estabilidade.

Nos , o sentimento é de esperança após o choque dos dados da divulgados no decorrer da semana afetarem os mercados. Nesta sexta, a expectativa dos otimistas é que a “pedrada” dos juros pelo FED seja mais leve após as vendas do varejo vieram melhores que o previsto em junho. O que ajuda a impulsionar positivamente as bolsas.

De olho na

Na B3, destaque para as da (CASH3) que lideram as altas da bolsa após divulgar sua prévia operacional referente ao 2T22 com crescimento de 24% nas vendas totais do segundo trimestre de 2022 ante igual período de 2021.

image 143
no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Ibovespa segue disparando e bate os 111 mil pontos

Leonardo Bruno

De volta aos 110 mil pontos: Confira os destaques da Bolsa hoje

Leonardo Bruno

Com deflação e resultados no Radar, Ibovespa começa a flertar com os 110 mil pontos

Leonardo Bruno

Em dia histórico de deflação, Ibovespa testa 109 mil pontos

Leonardo Bruno

Com Petrobras disparando, Ibovespa volta a fechar em alta aos 108.402,27 pontos

Leonardo Bruno

Com acordo para compra de Gás Natural Boliviano e alta do Petróleo, ações da Petrobras batem recordes

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário