Guia do Investidor
0912 mercado
Inflação IPC-S Notícias

Inflação pelo IPC-S avança 0,79% na primeira quadrissemana de junho

-S da primeira quadrissemana de junho de 2022 subiu 0,79% e acumula alta de 10,44% nos últimos 12 meses. A evolução recente da variação acumulada em 12 meses encontra-se no gráfico do press release.

Nesta apuração, cinco das oito classes de despesa componentes do registraram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do partiu do grupo Habitação cuja taxa de variação passou de -1,37%, na quarta quadrissemana de maio de 2022 para -0,15% na primeira quadrissemana de junho de 2022. Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cujo preço variou -4,99%, ante -9,34% na edição anterior do IPC-S.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Alimentação (0,45% para 0,73%), Educação, Leitura e Recreação (3,12% para 3,43%), Vestuário (1,21% para 1,62%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,87% para 0,89%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: hortaliças e legumes (-9,06% para -7,09%), passagem aérea (16,33% para 15,40%), roupas masculinas (1,55% para 2,12%) e plano e seguro de saúde (-0,51% para -0,10%).

Leia mais  Dólar alto até quando? Veja motivos que valorizam moeda

Em contrapartida, os grupos Transportes (1,02% para 0,62%), Comunicação (-0,14% para -0,31%) e Despesas Diversas (0,91% para 0,77%) apresentaram recuo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: licenciamento – IPVA (1,22% para 0,00%), combo de telefonia, internet e TV por assinatura (-0,18% para -0,61%) e tarifa postal (6,95% para 5,64%).

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 15.06.2022 será divulgado no dia 20.06.2022.

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Inflação pelo IPC-S sobe 0,76% na terceira quadrissemana de junho

Guia do Investidor

Inflação pelo IPC-S sobe 0,91% na segunda quadrissemana de junho

Guia do Investidor

O fim dos juros baixos? Países ao redor do mundo estão lutando contra a inflação

Leonardo Bruno

Expectativas de inflação no Brasil para o 2º semestre de 2022

Autor Convidado

Preços dos produtos juninos sobem mais que a média da inflação nos últimos 12 meses

Guia do Investidor

Crise inflacionária leva 65% dos brasileiros a comprarem marcas mais baratas, diz pesquisa da PROTESTE

Guia do Investidor

Deixe seu comentário