Guia do Investidor
carteirasmallcap
Aprenda Guias

Investidor Qualificado o que é? Vantagens e valor mínimo

Certamente, você já deve ter ouvido falar sobre os termos , investidor pessoa física e investidor institucional, por exemplo. Mas saiba que também existe uma categoria diferente dos outros dois: o Investidor Qualificado O que é. Mas afinal, o que é um Investidor Qualificado? Nesse artigo, você vai conferir tudo a respeito!

Investidor Qualificado O que é?

Um investidor é uma pessoa que aplica os seus recursos na compra de financeiros negociados no . Entretanto, no um dos mais comuns é a renda fixa.

Nesse sentido, quando uma pessoa investe em , ela compra títulos públicos ou privados e recebe um rendimento pré-acordado, que pode ser:

  • Pós-fixado
  • Prefixado
  • Híbrido

Por outro lado, existe também a renda variável, que é uma outra classe de investimentos. Nesse caso, ela oferece um maior potencial de ganho, mas também de perdas. Em resumo, com a renda é variável, você pode ganhar mais ou pode ter prejuízo. Por isso, quem estiver pensando em investir, deve descobrir qual é o seu perfil de investidor. O perfil de investidor definirá o seu apetite por riscos dos . Até mesmo quando o investidor é qualificado.

Nesse sentido, existem vários perfis de investidores, desde o conservador, perfil é avesso a riscos e à volatilidade, chegando até o perfil arrojado, que entende e aceita os riscos visando um retorno potencialmente maior.

Leia mais  PIX: como investidores se beneficiarão do fim do TED e DOC

De acordo com a instrução 539 da Comissão de Valores Mobiliários, o principal objetivo dessa classificação em grupos é proteger o investidor de riscos desproporcionais à sua capacidade financeira.

Apesar de poder servir como elogio para um investidor, essa não é a expressão correta. Ainda assim, pode ser um ponto positivo se encaixar nessa classificação. Isso porque esse termo é uma classificação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para uma pessoa física ou jurídica.

É aquele investidor que possui aplicações financeiras em valor igual ou superior a R$ 1 milhão e que ateste essa condição por escrito, ou que possua alguma certificação que a CVM aceite para fins de consideração de investidor qualificado.

Dessa forma, essa classificação evita que pequenos investidores corram riscos por falta de conhecimento e capital. Isso é porque quando um investidor qualificado tem acesso a algumas categorias de aplicações financeiras que não permitidas a investidores comuns.

Entretanto, essa classificação de investidor é recente, foi implantada em 2013. O objetivo da CVM é oferece os investimentos apropriados de acordo com o risco e o patrimonio investidor, como dito anteriormente — quando você atinge essa classificação, você tem algumas particularidades se comparado com o investidor comum.

Além disso, não é apenas as particularidades de investimentos, existem algumas diferenças na parte relacionada a impostos e receita fiscal.

O que é um investidor qualificado?

Como dito anteriormente, investidor qualificado é aquela pessoa física ou jurídica que possui mais de R$ 1.000.000,00 (1 milhão) em investimentos no financeiro e que ateste a condição por escrito. Entretanto, é importante lembrar que também são considerados investidores qualificados aqueles que possuem algumas certificações, como:

  • Investidores profissionais;
  • É aquelas pessoas que possuem certificações CEA ou certificações superiores aprovadas pela Comissão de Valores Mobiliarios (CVM);
  • Por último, os clubes de investimentos que são geridos por um ou mais cotistas que sejam investidores qualificados.
Leia mais  O que faz uma ação subir ou cair na bolsa de valores?

Portanto, essas certificações são realizadas pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) ou também por órgãos internacionais como o CFP, que é um exame organizado pela (Financial Planning Standards Board).

Assim sendo, um investidor pode se tornar um investidor qualificado o que é mesmo que não tenha um milhão de reais aplicado. Dessa forma, essa classificação pode se por meio de aprovação em algum exame de certificação que seja aceito pela CVM.

Em conclusão, o requisito serve para garantir que o investidor tem a compreensão técnica e financeira sobre os investimentos mais restritos do mercado.

Quais vantagens para o investidor qualificado?

A principal vantagem para quem busca se tornar um investidor qualificado é ampliar o acesso a investimentos restritos. Nesse sentido, esses investimentos restritos são aqueles que trata-se de maior risco, entretanto que podem trazer também maior potencial de ganho.

Um exemplo são os FIP que muitas das vezes investem em que não são muito bem estruturadas. Portanto, isso aumenta o risco daquele investimento já que a empresa pode passar por momentos difíceis.

Leia mais  Significado de mBTC, uBTC e Satoshis. Unidades de medida do Bitcoin

Dessa forma, para quem entende do mercado financeiro e está disposto a correr o risco, por isso os investimentos podem ser atrativos. Em conclusão, investidor qualificado pode ser interessante para quem deseja ter mais oportunidades.

Nesse sentido, com o acesso a novas oportunidades, também é possível explorar mais a diversificação da carteira de investimentos. Com isso, pode equilibrar os riscos e potencializar os retornos.

Por fim, essa classificação pode ser uma forma de acelerar a conquista dos seus objetivos financeiros. Além disso, quando você é um investidor qualificado também pode ter algumas condições diferenciadas nos bancos de investimentos.

Conclusão

Agora você sabe o que é a classificação do investidor qualificado. Como vimos, ela é importante para restringir o acesso a certos tipos de investimentos mais complexos. Além disso, esses tipos de investimento também requer um maior nível de capital.

É interessante lembrar que o investidor qualificado não precisa ter, obrigatoriamente, R$ 1 milhão aplicado. Nesse caso, ele deve atestar, por meio de certificações aceitas pela CVM, que detém conhecimento avançado sobre o mercado financeiro.

Após esse artigo, sobre o que é um Investidor Qualificado, acreditamos que conseguimos te explicar tudo sobre essa classificação de investidor.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as notícias mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Número de mulheres que investem na bolsa de valores cresce mais de 700% em dez anos e ultrapassa 1,1 milhão

Autor Convidado

Compra e venda de empresas saltaram 20,7% no primeiro trimestre de 2022 diz Santis

Autor Convidado

Entenda como funcionam os Fundos de Investimentos Multimercados

Autor Convidado

Recordes de Venture Capital e Private Equity alteram a dinâmica da liderança dos negócios

Guia do Investidor

Investimentos dos brasileiros em títulos e valores mobiliários batem recorde e superam R$ 2 trilhões

Autor Convidado

Cerca de 16% dos brasileiros das classes D/E investiram em produtos financeiros em 2021

Autor Convidado

Deixe seu comentário