Guia do Investidor
Notícias Top News

Lula é condenado a mais 12 anos por propina e lavagem de dinheiro

Juíza responsável pela Lava Jato aumenta pena do ex-presidente a mais 12 anos. A denúncia é e lavagem de dinheiro no Sítio Atibaia.

Nesta quarta-feira, 6, o ex-presidente Luiz Inácio da Silva (PT) foi condenado a mais 12 anos e 11 meses de prisão. Assim a decisão foi de Gabriela Hardt, juíza federal e atual responsável pela Operação Lava Jato.

A denúncia é corrupção ativa e lavagem de dinheiro correspondentes ao Sítio Atibaia, localizado no interior de São Paulo. Segundo a sentença, haviam propinas de empreiteiras como OAS, Schahin e Odebrech.

Tais crimes estão relacionados às reformas no , e somam R$ 1,02 milhão. No qual encontra-se no nome de Fernando Bittar, amigo da família petista e Jacó Bittar, ex-prefeito de Campinas.

Conforme a investigação, o sítio passou por mais de uma reforma. A primeira, no valor de R$ 150 mil, organizada pelo pecuarista José Carlos Bumlai. Enquanto a segunda foi de R$ 700 mil, disponibilizada pela Odebrech. Já a última, foi de R$ 170 mil, custeada pela OAS.

Leia mais  Com primeira alta em 11 anos nos juros Europeus, bolsas fecham em alta na esperança de "dias melhores"

Detalhes da sentença

A sentença afirma que o valor de 1 milhão de reais destinado ao Sítio Santa Bárbara, responsável pelas empreiteiras, foi oferecido como favor ao ex-presidente

Com isso, a juíza federal destaca que os proprietários dos possuem vínculos com a família de Lula. E que as operações contaram com o envolvimento de Roberto Teixeira, advogado e amigo do petista.

“Fato também incontroverso é o uso frequente do sítio pela família de Luiz Inácio Lula da Silva. Sendo que, ao menos em alguns períodos, também resta incontroverso que a família do ex-presidente chegou a usá-lo até mais do que a família Bittar”, anotou Gabriela Hardt.

Em documento, a juíza denota que Lula recebeu vantagem indevida por conta do seu cargo de Presidente da República. E contesta que, devido ao mandato do petista, deveria se esperar um comportamento exemplar.

Gabriela Hardt alega que o crime foi praticado em um esquema mais amplo no qual o pagamento de propinas havia se tornado rotina. Para ela, a corrupção aconteceu na tentativa de manter o poder do Partido dos Trabalhadores.

“Consequências também devem ser valoradas negativamente. Pois, o custo da propina foi repassado à Petrobras, através da cobrança de preço superior à estimativa. Aliás propiciado pela corrupção, com o que a estatal ainda arcou com o prejuízo no valor equivalente”, escreveu.

Lista de condenados

O documento feito pela juíza condena outros envolvidos. São eles: José Adelmário Pinheiro Neto e Léo Pinheiro, cuja pena foi de 1 ano, 7 meses e 15 dias.

Leia mais  Credit Suisse aposta em eleições com Lula vitorioso e traça cenários de investimento

Em seguida, José Carlos Bumlai, condenado a 3 anos e 9 meses de prisão. Como também, o advogado Roberto Teixeira, a 2 anos de reclusão. E ainda os empresários Fernando Bittar, e Paulo Gordilho, ambos com 3 anos de reclusão.

Além deles, Gabriela Hardt penalizou Marcelo Odebrecht, a 5 anos e 4 meses de prisão, Emílio Odebrech, a 3 anos e 3 meses e Alexandrino Alencar, a 4 anos.

Por fim, foram condenados também Carlos Armando Guedes Paschoal, com pena de 2 anos e Emyr Diniz Junior, a 3 anos. Desta forma, como todos citados são delatores do caso, irão cumprir penas negociadas.

Caso tríplex

Em julho do ano passado, o ex-juiz Sérgio Moro condenou Lula a 12 anos e 1 mês pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Acusação relacionada ao tríplex localizado em Guarujá, São Paulo.

De acordo com a denúncia realizada pelo Ministério Público, o ex-presidente recebeu propina da OAS, na quantia de 2,2 milhões de reais. Este valor foi oferecido ao Partido dos Trabalhadores para que a empreiteira tenha benefícios dentro da .

Atualmente, Lula está preso na Polícia Federal de Curitiba. E cumpre pena desde 7 de abril de 2018. Porém, com a nova sentença, a condenação final do petista é 25 anos de prisão.

Leia mais  Enauta retoma produção no campo de Atlanta e ações seguem disparando

LULA OU ? Não corra o risco das no : abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Confrontos com STF e TSE interrompem crescimento de Bolsonaro na corrida eleitoral aponta pesquisa

Guia do Investidor

Eleições: Pesquisa do BTG Pactual aponta Lula vencedor nas urnas na maioria dos cenários

Leonardo Bruno

Credit Suisse aposta em eleições com Lula vitorioso e traça cenários de investimento

Leonardo Bruno

O que será das ações do BB com as eleições?

Leonardo Bruno

Ibovespa afunda 3,8% e dólar dispara com “efeito Lula”

Wiz (WIZS3) é alvo de busca e apreensão, ações despencam

3 comentário

Carteira mensal recomendada Guide - Guia do Investidor - Onde investir melhor 15/02/2019 at 03:15

[…] valor obtido com a venda deve ser utilizado para um planejamento de reestruturação da Odebrecht (ODBINV). Veja o […]

Responder
O que são mercados emergentes? O Brasil faz parte? - Guia do Investidor 15/03/2019 at 15:55

[…] É essa qualidade que torna os mercados emergentes atraentes para os investidores. Nem todos os mercados emergentes são bons investimentos. Eles devem ter poucas dívidas, um mercado de trabalho crescente e um governo que não seja corrupto. […]

Responder
Lava Jato: Michel Temer e Moreira Franco são presos em operação - Guia do Investidor 21/03/2019 at 15:36

[…] manhã desta quinta-feira, 21, tropas da Lava Jato prendem Michel Temer (MDB). As autoridades também levam Moreira Franco (MDB), ministro de Minas e […]

Responder

Deixe seu comentário