Guia do Investidor
Bitcoin

Mais um ETF de Bitcoin a caminho nos EUA: saiba mais

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A empresa Galaxy Digital é mais uma requisitante de uma aprovação para um ETF de Bitcoin ao governo americano.

Primeiramente, se você não sabe como funciona os fundos negociados em Bolsa (Os ETFs) confira agora em nosso site parceiro, o guia do investidor, uma explicação completa destes fundos de investimentos, basta clicar aqui.

Assim, de volta ao foco principal, a empresa Galaxy Digital, registrou o formulário S-1, necessário para completar o processo burocrático de listagem em bolsa de um fundo de investimento.

O processo da Galaxy nomeia a corretora NYSE Arca como intermediadora do fundo ETF.

Contudo, a empresa ainda precisa finalizar alguns outros processos, como escolher uma custodiante, administradora ou agente de transferência. Contudo, a comissão de valores ainda pode exigir outros documentos.

O governo americano ainda não vê com bons olhos a afirmação do Bitcoin como ativo financeiro. Por isso, apesar da crescente procura e pedidos de empresas, nenhum fundo ETF de Bitcoin teve aprovação de listagem na WallStreet.

A Galaxy vem atuando nesse segmento de modas virtuais já há algum tempo. Galaxy está listada na Bolsa do Canadá sobre o ticker GLXY.TO, e atualmente, atua como uma subconsultora a uma oferta canadense de ETF de bitcoin apresentada pela CI Financial (CI Galaxy Bitcoin ETF). Esse produto foi listado na Bolsa de Valores de Toronto (TSE) em março. E assim, se tornou o primeiro ETF de bitcoin da América.

O ETF da Galaxy

Os ETFs, em geral, utilizam índices como indexadores de foco, assim suas carteiras constituem um plano pré-estabelecido. Assim, o fundo da Galaxy, se aprovado, terá como referência, o Galaxy Bitcoin Index. Este índice da empresa é calculado pela Bloomberg. Assim, o ETF utilizará o mesmo índice para determinar as movimentações do fundo.

“O Índice foi criado para medir o desempenho de um único Bitcoin negociado em dólares americanos”

— Bloomberg

Assim, o fundo, utiliza este índice para medir as suas variações. Em outras palavras, o índice deve demonstrar na prática um preço médio para o Bitcoin.

Resta esperar a definição da comissão de valores americanas. Assim, o verdadeiro posicionamento das criptomoedas no mercado ainda é uma incógnita.

Por fim, sabia que mesmo com essas limitações, é possível investir em Bitcoin através de ETFs? Confira agora um pouco mais como isso é possível agora mesmo. Basta clicar aqui!

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Bitcoin pode enfrentar correção pré-halving, aponta analista

Fernando Américo

Exclusivo: Brasil Bitcoin anuncia nova marca; Falamos com o CEO

Lara Donnola

Bitcoin supera os US$52.000 impulsionado pelo otimismo do mercado

Fernando Américo

EUA lideram com 83% do mercado de ETFs de Bitcoin à vista

Fernando Américo

Mineradores inundam mercado com mais de 1 milhão de Bitcoins

Fernando Américo

DIs caem apesar de feriado nos EUA e IBC-Br acima do esperado

Guia do Investidor

Deixe seu comentário