Minicontratos futuros: como funcionam e como operar

Minicontratos futuros: como funcionam e como operar

16 de maio de 2019 0 Por Diego Dias

Entenda como pequenos investidores podem movimentar grandes quantias na Bolsa de Valores como operações de mercado futuro.

Conhecido pelo seu alto poder de alavancagem mesmo com um baixo capital investidos os Mini-dólar ou Minicontratos. Estão em alta no mercado. Entenda o que são e como aplicar no Mercado futuro.

Minicontratos futuros

Os Minicontratos futuros, trata-se de uma operação de compra e venda semelhante ao mercado de ações. Entretanto apesar de se tratar de produtos que também são negociados na Bolsa de Valores, há algumas diferenças.

Então entenda que neste tipo de operação é possível negociar a compra ou venda de um determinado produto. Assim como por um determinado valor, para que ela se realize apenas no futuro.

Logo a ideia é que se possa aproveitar os melhores preços dos mercados e lucrar com uma possível valorização da moeda. Assim até mesmo pequenos investidores com baixo poder de capital, conseguem movimentar uma alta quantia no mercado. Contudo sem precisar ter feito um grande investimento.

Posto que para adquirir um Mini-dólar, não é necessário que se possua 100% do valor da operação. Logo é preciso que seja depositado por via de CDBs de alta liquidez, ações ou até títulos do tesouro direto. Uma espécie de calção como acontece no aluguel de imóveis.

No entanto, é apenas para que haja uma margem de garantia para possíveis prejuízos. Assim caso não tenha como arcar com as despesas, os custos já estão resguardados.

Como operar no mercado futuro

Como dito anteriormente para negociar Minicontratos não é preciso que se tenha o valor integral. Logo saiba que para começar a operar em mercado futuro com compra de Mini-dólar, existem um lote mínimo.

Então se o seu valor hoje é de US$ 10.000. Veja que você deverá se comprometer apenas com 50% por cento do valor que é a margem de garantia. Logo R$ 5.000 é o valor que você deve investir para adquirir seu Minicontrato.

Então, ao efetuar a operação você irá lucrar sobre o valor total do Mini-dólar. Assim no caso US$ 10.000, e não apenas sobre os R$ 5 mil. Então de acordo com as altas da cotação se houver uma valorização de 3-1 em uma alta 10%.

Logo seu lucro seria de R$ 3,000. Assim o capital alavancaria de R$ 5 mil para R$ 8 mil. Que, no entanto, é a soma do lucro com o valor investido.

Concluindo, apesar de parecer simples essa operação é recomendada para investidores de perfil arrojado.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/