Guia do Investidor
mercado financeiro 1 jpg
Notícias

Notícias da bolsa: LIGT3, CESP6, TUPY3 e CCRO3

Índice de conteúdo

A Light (LIGT3) anunciou importante noticia aos seus acionistas e ao . Isto é, a empresa fez uma alteração em seu conselho administrativo. Desse modo, a empresa tornou o empresário Wilson Poit o novo chairman da companhia.

Desse modo, o executivo substitui Firmino Sampaio, que seguirá no conselho da empresa. De acordo com as fontes ouvidas, a mudança deve trazer uma nova dinâmica de trabalho entre o board da companhia e a diretoria executiva. Ou seja, com a liderança de Raimundo Nonato, CEO da Light.

CESP

A Companhia Energética de (CESP6) informou, fato relevante, que concluiu sua reorganização societária com a VTRM. Com isso, as da CESP deixarão de ser negociadas na B3 em decorrência da incorporação dos papéis pela VTRM, que passa a se chamar Auren Energia e a operar sob o ticker AURE3. Assim sendo, o início das negociações com o novo código será hoje, segunda-feira, dia 28 de .

A Tupy (TUPY3), que atua na área de fundição e usinagem, a montadora BMW do e o Instituto Senai de Inovação em Eletroquímica do Paraná se uniram em um projeto importante. Isto é, com o objetivo de desenvolver um processo inédito de reciclagem de baterias de carros elétricos no Brasil.

Desse modo, a parceria recente busca um processo mais sustentável do que o atual em vários países. Isto é, para recuperar minerais raros usados em baterias elétricas, como lítio, cobalto e níquel com alta pureza para que possam ser reutilizados na produção do equipamento.

Leia mais  Quais ações comprar em Março? Confira indicações da Ágora Investimentos

CCR (CCRO3anunciou recentemente que vendeu sua participação de 80% na startup Quicko para a finlandesa MaaS. Isto é, por uma fatia minoritária que ainda terá definição da companhia. Assim, o valor da transação não foi divulgado.

Dessa forma, a MaaS foi fundada em 2015, em Helsinque, desenvolvendo aplicativos e serviços em mobilidade urbana, com o destaque para o aplicativo de planejamento de rotas Whim. Assim, a finlandesa comprou 100% da Quicko na operação.

De acordo com a empresa, a transação faz parte da estratégia de crescimento qualificado e de disciplina de capital. Isto é, buscando viabilizar soluções em infraestrutura e capturar sinergias de produto e tecnologia com a MaaS.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Alta de 470%: Lucro da Tupy dispara para R$ 180 mi no 2T22

Leonardo Bruno

CCR informa conclusão de alienação de participação na Total Airport Services

Leonardo Bruno

Para se tornar referência no mercado, Light recruta novo CEO

Leonardo Bruno

Itaúsa (ITSA4) investe R$ 4,1 mi em CCR; ações voltam a respirar

Cristiane Luzio Rodrigues

Vai ter briga? Governo de SP não dará reajuste e CCR (CCRO3) espera retratação

Cristiane Luzio Rodrigues

Diretor-presidente da Light (LIGT3) renuncia ao cargo

Ruan Sousa

Deixe seu comentário