O risco de uma recessão global já passou? Segundo o Goldman Sachs, sim

O risco de uma recessão global já passou? Segundo o Goldman Sachs, sim

27 de fevereiro de 2019 0 Por guiadoinvestidor

O economista-chefe da Goldman Sachs, Jan Hatzius, aponta que a economia global enfraqueceu, mas a ameaça de recessão pode ter acabado.

Apesar do lento crescimento, o indicador de atividade do Goldman para fevereiro mostra otimismo, se comparado a dezembro e janeiro, que fez muitos chamarem de “recessão”.

A economia global pode estar voltando a crescer

Um dos mais recentes arautos da desgraça financeira global é George Maris, da empresa de gestão de ativos Janus Henderson. Maris diz que uma recessão é um “risco claro de curto prazo”. O titã de hedge funds, Ray Dalio, falou em Davos, em janeiro, que le também temia uma desaceleração econômica global.

Hatzius do Goldman, em uma nota recente relatada pela Bloomberg diz:

“Alguns brotos verdes estão surgindo, sugerindo que o crescimento seqüencial se dará a partir daqui.”

O economista e seu colega Sven Jari Stehn acreditam que a previsão de alta de 3,5% do PIB global do Goldman ainda esteja em risco. A dupla acredita que os mercados globais estão “mais otimistas em relação à recessão”. Eles estão otimistas em relação aos ativos de risco e aos rendimentos dos títulos. Eles também são modestos com relação ao petróleo, mas são pessimistas em relação ao valor do dólar. Em outras palavras, eles acreditam que os EUA liderarão a recessão global, mas que a Europa pode ser o ponto fraco.

Principais indicadores positivos da economia dos EUA

O PIB dos EUA está em torno de 3%, o desemprego está em seu nível mais baixo em cinco décadas. Além disso, a inflação está em 1,6% e os níveis de renda estão crescendo mais por dez anos. Os níveis de confiança dos consumidores dos EUA também se recuperaram em fevereiro em relação a números preocupantes em janeiro. O índice de confiança do Conference Board subiu para 131,4 de janeiro de 121,7. Isso supera as expectativas dos analistas em cerca de 124 pontos.

Os mercados de ações dos EUA e o índice Dow Jones também viram uma recuperação retumbante das perdas de dezembro. Embora alguns analistas acreditem que o desempenho recente das ações possa ser uma recuperação do mercado de baixa.

Um resultado negativo das negociações comerciais entre EUA e China ameaça o desempenho de curto prazo. Já oss níveis de longo prazo da dívida dos EUA estão preocupando muitos.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/