Guia do Investidor
Trader Elliot Wainman cita 7 altcoins prontas para ter altas parabolicas
Notícias

O Titanium Cripto Structure FIM IE, primeiro fundo quantitativo de gestão ativa em cripto, valoriza 216% acima do CDI

O resultado é uma combinação de estratégias operacionais, tecnologia proprietária e profunda análise de

O fundo completa seu primeiro ano de vida e os motivos para comemorar são muitos. Com um ano recém-completado em abril, o fundo quantitativo de gestão ativa Titanium Cripto Structure FIM IE brinda os que apenas confirmam sua sofisticada tese de .

Na contramão de ativos como o Bitcoin e o dólar, que apresentaram quedas significativas, o fundo surpreendeu o mercado de criptoativos de forma arrebatadora, superou as mais otimistas expectativas, apresentando valorização de 10,17% nos últimos 6 meses, 216% acima do e 177% acima de seu benchmark. Uma performance impressionante, mesmo em um cenário de incertezas macroeconômicas e da queda de 45% do Bitcoin no mesmo período.

Mas nada se deu por acaso. Este resultado foi conquistado à base da soma de uma infraestrutura tecnológica própria e uma minuciosa análise de dados. A Titanium Asset Management usa um método de abordagens quantitativas, colocando em prática a tese de que é possível operar com volatilidade controlada, mesmo no mercado cripto, por meio de suas operações estruturadas.

“Desde o início, a metodologia singular da Titanium Asset se mostrou absolutamente eficaz. O fundo apresentou performance consistente e com volatilidade reduzida, na contramão do que ocorreu no mercado de criptoativos. Na nossa estratégia, combinamos uma série de instrumentos financeiros, algo inédito no mercado cripto local.”

explica Guilherme Bernert Miksza, sócio-diretor de investimentos da Titanium Asset.

“Criamos uma filosofia de investimento para proporcionar exposição a esse mercado, de maneira consistente e segura, com mecanismos para o controle da volatilidade, ao mesmo tempo em que as estratégias se beneficiam da liquidez de como Bitcoin e Ethereum. O fundo gera valor no longo prazo, independentemente do ciclo em que o mercado se encontra”

conclui Eduardo Zanuzzo, sócio-administrador e diretor de Risco e Compliance da Titanium Asset.

Inovação é um dos pilares da Titanium Asset. E o Titanium Cripto Structure FIM IE é a maior prova disso, já que ele foi o primeiro fundo da Asset. Tudo é feito pautado numa combinação harmoniosa de tecnologia proprietária e operações estruturadas.

Atualmente, o fundo é distribuído na plataforma Órama, Mirae,e Warren. Sua composição é de até 100% de ativos digitais, em que o investimento inicial se dá na casa dos R$ 10.000 e o prazo de resgate é D+5, um dos menores para esse tipo de fundo. Hoje, o patrimônio líquido do fundo já ultrapassa os R$ 60 milhões.

“Acreditamos que os criptoativos representam o surgimento de uma nova classe de ativos, mais eficiente e global, no qual o Bitcoin, a primeira rede globalmente descentralizada e o primeiro digital escasso, é o representante”

explica Zanuzzo.

A equipe da Titanium Asset é formada por profissionais que possuem forte know-how na gestão e análise de ativos do tradicional e de criptoativos. Hoje, a Titanium Asset conta com quatro fundos de investimentos.

Nossas redes:

Deixe seu comentário