Guia do Investidor
oibr oi
Ações Resultados

Oi tem perdas de 6 bilhões: Empresa irá falir?

da OI? Por que o resultado da OI foi tão ruim? a pena? Essas são as perguntas que muitos estão se fazendo atualmente. Segundo comunicado publicado nesta terçaa-feira, a Oi obteve um resultado negativo referente ao primeiro trimestre de 2020. A empresa que se encontra em , reportou líquido de R$ 6,28 bilhões.

A companhia de telecomunicações Oi (OIBR3;OIBR4), que apresentou lucro líquido de R$ 568,4 milhões no primeiro trimestre de 2019, agora no primeiro trimestre de 2020 apresentou prejuízo líquido de R$ 6,28 bilhões em igual período de 2020.

O prejuízo líquido certamente chama atenção, afinal a diferença em relação ao ano anterior ultrapassa a casa dos 1.000%. A Oi afirma que foi bastante impactada pela variação cambial no período. Passando de despesa financeira dos R$ 201,7 milhões em 2019. Para R$ 6,47 bilhões nos três primeiros meses de 2020, 32 vezes maior.

A receita líquida da empresa foi de R$ 4,74 bilhões. De fato uma diminuição de 7,4% frente os R$ 5,13 bilhões em igual período de 2019. De fato o custo de vendas dos serviços, por sua vez, foi R$ 3,66 bilhões, queda de 5,3% frente os R$ 3,83 bilhões do mesmo período do ano passado. Com isso o lucro operacional, foi cinco vezes mais baixo, de R$ 188,1 milhões no primeiro trimestre de 2020.

Recuperação judicial

Além do resultado financeiro da empresa, a Oi também revelou que enviou para o Juízo da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro um pedido de aditamento ao plano de recuperação judicial que foi aprovado pelos credores da companhia em dezembro de 2017.

Leia mais  Orizon (ORVR3) reverte prejuízo e lucra R$ 6,9 milhões no 4T20

Agora depois de quase três anos, a empresa anunciou que vai realizar uma nova assembleia com os credores. Na tentativa de obter o aval para realizar uma reestruturação da .

De fato a intenção da Oi é criar quatro unidades produtivas isoladas (UPIs), estruturas que servirão para fazer uma separação dos e passivos de cada um dos setor de telecomunicações em que a empresa trabalha. Para então, poder efetuar a venda separada dessa unidades.

O suíço de investimentos Credit Suisse declarou ser positiva a proposta de alteração no plano de recuperação judicial da Oi. Os analistas da Levante declararam que a proposta de divisão apresentada pela OI é uma boa notícia para os acionistas.

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Rossi (RSID3) com mais dívidas; credor pede falência da companhia

Cristiane Luzio

Oi (OIBR3) diz que negociações com Anatel para ajuste no regime de telefonia fixa continuam

Ruan Sousa

Ações da Oi disparam: é hora de comprar

Leonardo Bruno

Saiu do vermelho: Oi (OIBR3) lucra R$ 1,72 bilhão no resultado 1T22

Leonardo Bruno

Com finalização de Recuperação Judicial em vista, Oi divulga seus resultados atrasados hoje

Leonardo Bruno

Nova Lei de Transação autoriza a utilização de prejuízo fiscal e dá outros benefícios para empresas

Guia do Investidor

Deixe seu comentário