Guia do Investidor
marketing de dados
Notícias

Pesquisa da InterSystems revela que líderes empresariais de serviços financeiros não confiam nos dados

  • Quase todos os entrevistados não têm disponíveis para tomar decisões
  • Mais de um terço deles operam com base em suposições

Quase nove em cada dez — 86% — líderes de negócios em de serviços financeiros não estão confiantes de que seus dados podem ser usados para tomada de decisões, de acordo com pesquisa da InterSystems. O estudo com mais de 550 líderes em 12 países revelou que o problema pode resultar de sistemas e fontes de dados desconectados. A maioria dos entrevistados (98%) revelou haver silos de dados e aplicativos em suas organizações.

Como provedor de tecnologia de dados criativo, dedicado a ajudar companhias a resolver desafios de escalabilidade, interoperabilidade e transformação digital, a InterSystems estimulou a pesquisa para levantar as prioridades das empresas de no tratamento de dados para ampliar resultados positivos. Mais da metade dos entrevistados (51%) cita como sua maior prioridade tecnológica obter acesso a dados em tempo real em toda a para melhorar a tomada de decisões, enquanto 44% dizem que sua prioridade é desenvolver novos aplicativos.

Melhorar o acesso aos dados é vital para bons resultados, quando se constata a afirmação de 37% dos entrevistados que seu maior desafio de dados é quanto tempo levam para acessar os dados, e que eles estão desatualizados no momento em que os obtêm. Sessenta e três por cento dos líderes de negócios globais dizem que os dados que usam têm mais de 24 horas. Um quarto (25%) diz que têm entre um e três dias, enquanto para 17% têm entre quatro dias e uma semana.

image 68
Dificuldade de acesso aos dados e desatualização causam a falta de confiança dos líderes do setor financeiro

A inacessibilidade de dados de todas as fontes necessárias ou no formato necessário também são problemas importantes para 33% dos entrevistados, somados à visibilidade, já que 31% afirmam que é difícil obter uma visão do risco em nível corporativo. O principal impacto desses desafios é a dificuldade de obter uma visão em 360 graus dos para oferecer serviços personalizados (36%). Isso pode afetar a capacidade de uma empresa de reter clientes atuais, atrair novos e criar vantagem competitiva.

Além disso, 35% dos líderes dizem que esses desafios dificultam o uso de dados para a tomada de decisões. Da mesma forma, mais de um terço (34%) revelou que não é capaz de basear decisões em informações em tempo real. Como consequência da falta de acesso imediato, muitas vezes as decisões se baseiam em suposições que nem sempre estão corretas.

Leia mais  IPO Desktop é precificado em R$ 23,50 por ação, no piso da faixa

De acordo com a opinião de Ann Kuelzow, Head global de serviços financeiros da InterSystems, “o setor de serviços financeiros lida e processa enormes quantidades de dados todos os dias. É a força vital das organizações e é fundamental para tudo, desde a conformidade ao business 360 e customer 360, o que lhes permite fornecer os e as experiências de que seus clientes precisam. Portanto, é vital que eles encontrem maneiras de superar os desafios que estão enfrentando no acesso, harmonização e para poder usá-los de forma mais eficaz para impulsionar suas organizações. É aqui que os data fabrics se destacarão como uma nova abordagem de arquitetura.”

Entre os entrevistados, 77% revelaram que considerariam a implementação de uma malha de dados para simplificar o acesso a dados distribuídos. As malhas de dados permitem que as empresas conectem silos de dados e acelerem e simplifiquem o acesso a de dados para fornecer uma visão consistente, precisa e em tempo real tanto interna quanto externamente.

Leia mais  Ações da C&A desabam com resultados nada animadores

O acesso em tempo real aos dados permite que as instituições de serviços financeiros promovam iniciativas importantes, com 35% dos entrevistados dizendo que precisam de acesso a dados distribuídos em tempo hábil para melhorar a eficiência operacional, enquanto 31% precisam deles para tomar decisões estratégicas. Mais de um quarto dos líderes (26%) acreditam que ter acesso a dados em tempo real ajudaria a melhorar o risco corporativo e o gerenciamento de liquidez.

Veja os resultados da pesquisa

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

LGPD impacta a estratégia de negócios de todas as empresas

Guia do Investidor

Ação de saúde barata e lucrativa? Veja aqui

Diego Dias

Minerva (BEEF3) investe em tecnologia: veja as iniciativas

Larissa Tavares

Alerta: ifood expõe dados de usuários

Diego Marques

Open Banking é regulamentado pelo BC: entenda o que é

Diego Dias

Como usar o Marketing Digital para ganhar dinheiro na crise

Diego Dias

Deixe seu comentário