Petrobras adota painéis solares para absorção de energia elétrica

Petrobras adota painéis solares para absorção de energia elétrica

18 de fevereiro de 2019 3 Por Diego Dias

Estatal utilizará tecnologia fotovoltaica capaz de ser usada em roupa, carro, fachada de prédio e até celular. Então o investimento será de R$ 23,77 milhões.

“O objetivo é atuar em negócios de energia renovável de forma rentável”, afirmação de Oscar Chamberlain, gerente-geral de Pesquisa e Desenvolvimento em Refino e Gás Natural do Centro de Pesquisas da Petrobras (PETR4) (Cenpes).

A tecnologia solar é uma alternativa adotada para impulsionar a produção e a comercialização de maneira sustentável. Para que isso seja possível, a estatal assinou uma parceria com o Centro Suíço de Tecnologia e Microtecnologia Brasil (CSEM Brasil).

Então tal órgão é responsável pelo desenvolvimento de compostos para produção de células fotovoltaicas, tanto impressas como flexíveis. Assim sendo, a Petrobras (PETR4) pretende investir cerca de R$ 23,77 milhões durante dois anos e meio.

“Os painéis fotovoltaicos flexíveis são uma solução tecnológica interessante para o futuro da energia”, garante Chamberlaim.

Ele explica que a nova estratégia pode ser usada na roupa, no carro, na fachada de um prédio e até no celular.

Segundo o gerente-geral da Cenpes, a CSEM possui larga experiência na criação de painéis flexíveis adaptados para o ambiente industrial. Foi o que chamou atenção da empresa petrolífera, já que ela pretende trabalhar com o material feito com polímeros.

Material

Chamberlain diz que a Petrobras (PETR4) quer utilizar a nova estrutura cristalina, chamada perovskita. Ele explica que a substância é capaz de aumentar sensivelmente a capacidade de absorção e transformação em energia elétrica da emissão solar.

A estatal afirma que a mesma técnica, adotada por ela recentemente, já está no mercado internacional há dez anos, tanto nos Estados Unidos, quanto na Inglaterra.

“É um material de ponta que tem grandes esforços para seu desenvolvimento”, destacou Chamberlain.

Ele acrescenta que o meio não é só produção de energia para consumo interno.

“Dentro da missão de ser uma empresa integrada de energia, a Petrobras quer trabalhar também uma opção de mercado”, conclui.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/