Guia do Investidor
img 4734
Agência Brasil Notícias

Petrobras (PETR4) reduz preço de querosene e gasolina de aviação

A Petrobras (PETR4) anunciou hoje (28) haverá redução de 2,6% no preço médio de venda de querosene de aviação (QAV), de 5,7% no preço médio de gasolina de aviação (GAV) e de 4,5% no do asfalto para as distribuidoras. Os novos preços começam a valer na próxima segunda-feira (1º)

A companhia explicou que os ajustes de preços dos combustíveis de aviação são mensais e definidos por meio de fórmula contratual negociada com as distribuidoras.

A Petrobras comercializa o querosene e a gasolina de aviação produzidos em suas refinarias ou importados apenas para as distribuidoras. “As distribuidoras, por sua vez, transportam e comercializam o produto para as empresas de transporte aéreo e outros consumidores finais nos aeroportos, ou para os revendedores. Distribuidores e revendedores são os responsáveis pelas instalações nos aeroportos e pelos serviços de abastecimento”, detalha a companhia.

Em relação ao mercado de ligantes asfálticos, os preços têm reajustes mensais, conforme previsto nos contratos com os distribuidores de asfaltos.

Gasolina

A Petrobras anunciou ainda a redução, a partir de amanhã (29), do preço médio de venda de gasolina para as distribuidoras de R$ 3,86 para R$ 3,71 por litro. A queda é de R$ 0,15 por litro.

Leia mais  Vale (VALE3) vende sua participação na California Steel Industries

Fonte: Agência Brasil

LULA OU ? Não corra o risco das eleições no : abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Guedes: teto do ICMS pode ser revisto se estados perderem receita

Agência Brasil

Preocupações com a China faz dólar disparar para R$ 5,14

Agência Brasil

Movimentação de cargas cresce 2,3% no trimestre no Porto de Santos

Agência Brasil

Promulgada lei que simplifica regras trabalhistas em novas calamidades

Agência Brasil

BB (BBAS3) lança financiamento para patinetes, scooters e motos elétricas

Agência Brasil

Movimentação de cargas cresce 2,3% no trimeste no Porto de Santos

Agência Brasil

Deixe seu comentário