Pi Investimentos: Santander lança plataforma digital pra investimentos

Pi Investimentos: Santander lança plataforma digital pra investimentos

15 de março de 2019 0 Por Diego Dias

Santander surpreende e lança sua própria plataforma digital para investidores, a Pi Investimentos. Isso mostra que banco pretende se inserir cada vez mais no mercado digital.

Nessa última quinta-feira (14), o banco Santander (SAN) lançou sua plataforma de digital de investimentos, a Pi. Com isso o banco amplia seu portfólio em soluções virtuais, posto que já possui a conta digital pela Super digital.

A fintech tem nome inspirado na letra Pi, que também é uma constante matemática, calculada como 3,14. Assim como a constante facilitou cálculos matemáticos, a empresa visa otimizar a experiência com investimentos.

O mais interessante é que a plataforma é totalmente autônoma, ou seja, não possui vínculo com o banco Santander (SANB3). Logo, não é necessário ser cliente do banco para investir pelo site do Pi.

Como funciona?

Ao investir pela plataforma da Pi Investimentos, o cliente irá adquirir pontos por cada valor aplicado. Assim, acumulados estes pontos, poderão ser respectivamente trocados por dinheiro real.

Com essa nova forma de pagamento ao cliente, faz com que os agentes autônomos se tornem mais independentes. Pois enquanto outras plataformas pagam comissões para distribuidores, na Pi reverte pontos ao cliente.

O Santander (SAN) também inova no quesito de compra e venda das ações, posto que o Pi funciona como uma loja online. Sendo assim, os investimentos são colocados em um carrinho de compras, numa espécie de marketplace.

Além disso, é possível visualizar feedbacks de outros investidores que já aderiram ao produto. Com isso, o investidor sente maior segurança na hora da compra, além de proporcionar uma experiência totalmente nova no setor.

O Pi Investimentos também presa pela transparência, exemplo disso é fato de as taxas ficarem à mostra, próximo ao investimento. Assim como também a quantidade de pontos que pode render ao usuário.

Quanto às taxas, podem variar de 0,7% até 1%, podendo subir para até 10% de acordo com a performance. Isso porque a intenção da plataforma é dar maiores oportunidades aos investidores varejistas.

No que tange aos investimentos disponíveis, inicialmente existe uma oferta de produtos, e o investidor opera de modo autônomo. Como não há assessoria nessa modalidade, o investidor tem à disposição apenas títulos de renda fixa.

Qual o valor para começar a investir?

A plataforma da Pi aceita um valor mínimo de investimentos no importe de R$ 50 reais. Além disso, é possível também investir de acordo com seu objetivo, optando pelas carteiras personalizadas.

Para o caso das carteiras personalizadas, o investimento mínimo é um pouco maior, subindo para R$ 100 reais. Assim como o cliente também não receberá pontos nessa modalidade.

Entretanto, o investidor terá à sua disposição produtos mais robustos, que possuem gestão por empresas renomadas no mercado. Por exemplo, grandes parceiras da Pi são a Vitreo e a TAG, ambas gestoras de produtos no setor.

Conforme o CEO do Santander (SAN), Felipe Bottino, o cliente que pretende criar uma carteira para aposentadoria, por exemplo. Para isso, ele contará com a ajuda de profissionais renomados, ligados diretamente com o mercado diário.

Sem a assessoria necessária para investimento em ativos, pode-se optar, por exemplo, em CDB, LCI e LCA. Apesar de já estar pronto para fundos de investimentos, o Pi ainda não possui autorização do CVM para operá-los.

Quem são os apoiadores?

Com as parcerias fechadas junto à Tag Investimentos, e a Vitreo, a Pi contará com as melhores gestoras do mercado. Além de converter todo o comissionamento oriundo desses contratos em pontos para os investidores.

Para melhorar a divulgação da plataforma, a Pi Investimentos também contará com o apoio do canal MyNews. Será então transmitido um programa pelos jornalistas Mara Luquet, e Antônio Tabet, chamado “Investimento é Pi”.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/