Guia do Investidor
PicPay4
Fintech Notícias

PicPay vai parar na justiça por cliente não conseguir sacar

Avalie este post:
[Total: Média: ]
  • Um levantamento mostrou que o é alvo de milhares de processos judiciais em diversos estados do ;
  • Segundo o , houve um aumento de 200% no número de contra a entre o primeiro e o segundo trimestre de 2020;
  • Por outro lado, o PicPay afirma que esses problemas na verdade são pontuais.

Em uma matéria especial da Suno , houve uma apuração da quantidade de processos judiciais movidos por clientes do PicPay. Em geral, a dificuldade para sacar os valores depositados na foram o principal motivo.

De acordo com o levantamento, apenas em São Paulo, a fintech somava cerca de 270 ações judiciais. Em Minas Gerais, por sua vez, houve uma quantidade parecida de registros do tipo. Enquanto isso, no Espírito Santo, a reportagem encontrou mais de 370 processos envolvendo o PicPay.

Em muitos desses casos, o PicPay já foi condenado a devolver os valores para seus clientes, junto ao reconhecimento de danos morais”, disse Carlo Cauti, que assina a reportagem.

Leia mais  Conta PJ: O que é? Saiba como abrir conta-corrente para PJ

Para efeito de comparação, o Nubank conta com 13 mil reclamações, enquanto o Banco (BIDI11) possui 18 mil queixas nos últimos seis meses. Mas em ambos os casos, quase nenhuma envolve essa categoria em especial.

Consultando o -SP, ocorreu um aumento de 200% no número de ações contra o PicPay entre o primeiro e o segundo semestre de 2020.

Além disso, a Suno também consultou o Banco Central do Brasil (BC), visto que ele possui a responsabilidade de fiscalizar instituições financeiras, como o PicPay. No entanto, o órgão não quis se manifestar.

Fonte: Suno Notícias.

PicPay se pronunciou sobre o caso

Após questionamentos sobre os processos, o PicPay enviou uma nota em resposta para a Suno.

Segundo a fintech, ela “lamenta mas esclarece que os casos mencionados sobre saques e transferências são pontuais e não correspondem ao número de processos informado pela reportagem. A companhia ainda afirma que está empenhada em solucioná-los com rigor e respeito aos usuários para que sejam resolvidos da melhor e mais ágil forma possível.

O PicPay também reforça que problemas isolados, ainda que indesejados, fazem parte do crescimento da empresa e que sua prioridade é oferecer um serviço seguro e de qualidade aos seus mais de 50 milhões de usuários”.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Mastercard é notificado pelo Procon por aumento de taxa de intercâmbio: entenda

Guia do Investidor

BTG+ ou Nubank? Qual o melhor banco? Análise completa

Victor Rodrigues

Empresas que comercializam passagens aéreas são notificadas sobre reembolso de passagens

Guia do Investidor

Cesta básica de abril tem alta de 6,38%

Guia do Investidor

Recordes de Venture Capital e Private Equity alteram a dinâmica da liderança dos negócios

Guia do Investidor

Procon lança Selo “Empresa Verificada”

GDI

Deixe seu comentário